Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

UsiPaz Cabanagem completa um mês com mais de 17 mil atendimentos

O complexo funciona, agora com novo horário, de segunda a sexta-feira, das 8h às 22h e aos sábados das 8h às 14h

O Liberal

O complexo comunitário Usina da Paz completou, neste sábado (12), um mês de funcionamento no bairro da Cabanagem, em Belém. O projeto é integrado ao programa Territórios Pela Paz (TerPaz) do Governo do Estado. Agora para os moradores da região está mais acessível a busca por diversos serviços. O complexo funciona, agora com novo horário, de segunda a sexta-feira, das 8h às 22h e aos sábados das 8h às 14h.

A universitária Juliana Costa, de 24 anos, precisava emitir a primeira identidade do filho, Guilherme Henrique, de 1 ano e 4 meses. “Esse espaço é maravilhoso porque podemos realizar diversas atividades, tudo em um só local. Aqui consegui tirar o RG do meu filho e fui muito bem atendida. Agora pretendo usar outros serviços como atendimento médico, odontológico, além de cursos e capacitações”, disse a moradora.

Para o autônomo Evaldo dos Anjos Silva, de 36 anos, que está participando dos cursos de Informática e impressão 3D, ter esses serviços gratuitos disponíveis à população, é uma oportunidade única. “A Usina está nos proporcionando a esperança de mudar de vida, principalmente na área profissional porque está oferecendo muitos cursos e qualificações. Esses dois cursos que eu estou fazendo agora, não tinha condições financeiras de pagar, mas aqui estamos tendo a oportunidade de nos profissionalizarmos de graça’’, disse.

Em um mês de funcionamento, a UsiPaz Cabanagem fez mais de 17 mil atendimentos (Paulo Cézar / Agência Pará)

Mais de 17 mil atendimentos em um mês

De acordo com a Secretaria Estratégica de Articulação da Cidadania (Seac), órgão responsável por coordenar o projeto, somente neste primeiro mês de funcionamento a UsiPaz já realizou 17.380 atendimentos.

“Esta é a nossa segunda unidade entregue a população, já temos uma em funcionamento no Icuí-Guajará, em Ananindeua, desde outubro do ano passado, e agora esta em Belém que já está gerando diversas atividades e serviços essenciais, como saúde, emissão de documentos, orientações jurídicas. Estamos muito felizes com esse processo, o resultado não representa apenas números, são vidas sendo transformadas, garantindo novas oportunidades e novos olhares desses moradores”, informou o titular da Seac, Ricardo Balestreri.

A Usina da Paz promove diversas atividades voltadas para o público em geral. São ofertados mais de 80 serviços gratuitos, disponibilizados por mais de 20 órgãos e entidades parceiras do Estado, como espaços para atividades esportivas; salas de audiovisual e inclusão digital; atendimento médico e odontológico; consultoria jurídica; emissão de documentos; ações de segurança; capacitação técnica e profissionalizante; espaço multiuso para feiras, eventos e encontros da comunidade.

Também há espaços para cursos livres e de dança, teatro, robótica, artes marciais, musicalização e duas bibliotecas, adulto e infantil. Além disso, é disponibilizado pela Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Pará (Prodepa) sinal de wi-fi gratuito para os usuários.

Além de serviços de cidadania, há várias outras funções educativas e de cultura e lazer (Paulo Cézar / Agência Pará)

Reconhecimento de usuários motiva trabalho da UsiPaz

O aposentado José do Nascimento, de 57 anos, lembra como era a situação dos moradores, antes da entrada do TerPaz, na Cabanagem. “Aqui no bairro tudo era muito difícil porque sempre tínhamos que nos deslocar para o centro para conseguir tirar algum documento, mas com a chegada do TerPaz, e agora com a Usina funcionando, é tudo muito prático, e o melhor, fica bem próximo de onde moro. Eu tirei a segunda via da minha certidão de nascimento, futuramente pretendo usar outros serviços como atendimento médico, odontológico e também praticar outras atividades junto com os meus filhos”.

O autônomo Antônio Carneiro, de 48 anos, era só alegria. Ele foi um dos participantes do curso de Hambúrguer e Embutidos, que finalizou esta semana, realizado pela sala de Gastronomia.

“Vi nos olhos a dedicação de cada um e a vontade de aprender para depois empreender. O que vamos receber não é somente um certificado e sim a certeza que adquirimos novos conhecimentos e temos que nos esforçar para continuar aprendendo sempre, oferecendo o melhor de nós. O conhecimento é bom, em qualquer momento, aprender é viver. Nos reciclar é se reinventar e transmitir e o legado que deixamos para aqueles que amamos. Obrigado Usina da paz, aqui tem estrutura, aqui se aprende e aqui se faz”, disse Antônio.

Palavras-chave

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM