Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Unidades de saúde de Belém ficam lotadas em busca de teste para covid-19

Algumas unidades, no entanto, demoraram até receber os testes. Outras informaram que não estavam fazendo testes. Usuários estão confusos.

Emanuele Corrêa / O Liberal

A prefeitura de Belém disponibilizou nas Unidades Básicas de Saúde e nas Unidades de Pronto-Atendimento (UPA) as testagens de Covid-19. São oito UBS para atender casos leves e cinco UPA para os casos graves. Quem procurou fazer o teste na manhã desta terça-feira (18) encontrou unidades lotadas, filas, além de reclamações sobre a demora dos testes.

VEJA MAIS

Testagem de covid-19 será ampliada em Belém a partir de terça-feira (18/01) Essa ampliação da rede de testagem é necessária devido ao aumento nos atendimentos gerais na rede municipal de saúde e dos casos de síndrome gripal por vírus não identificado

Na UPA do Jurunas as filas para protocolo, triagem com equipe de enfermagem eram longas. Terezinha Ramos, 50 anos, havia acabado de sair da triagem e foi informada que os testes ainda não estavam disponíveis. Ela está há uma semana com sintomas que indicam Covid ou gripe e a pedido da sua contratante foi fazer o teste.

"Eu sou diarista e a minha patroa mandou eu fazer o teste. Estou uma semana com dor de cabeça, febre, tosse e dor no peito. Ela me passou uma medicação e vou fazer o teste. Mas lá dentro a enfermeira disse que está aguardando a chegada dos testes", explicou.

O funcionário público Brás Trindade, de 52 anos, acompanhou a esposa na manhã de segunda (17) para fazer o teste, após o resultado positivo resolveu voltar com o filho para tirar as dúvidas da família. Ele conta que aguarda desde às 5h30, passou pela triagem e até às 10h não conseguiu fazer a testagem, aguarda a abertura da sala de coleta.

"Minha esposa testou positivo para a Covid ontem. E ontem estava lotada aqui, só que foi mais rápido. Estou desde as 5h30 da manhã aqui, já são 10h, e nada. Eu sou o primeiro da fila e o meu filho o segundo. Estamos aguardando para ver se o teste vai dar positivo ou negativo para a Covid", finalizou.

Já na Unidade básica de saúde do Barreiro I, localizada na passagem Mirandinha, 367, o movimento estava tranquilo. A testagem acontecia  em uma sala logo na entrada e sem fila de espera até o 12h, que chegou após esse horário era orientado a consultar e voltar a partir das 14h para a testagem.

Marlene Almeida, de 55 anos, mora no bairro da Batista Campos, mas a unidade mais próxima estava lotada, por isso procurou a UBS Barreiro I. "Era o mais livre, aqui tá mais tranquilo. Eu estava sentindo dor de cabeça, coriza, etc. Mas fiz o teste e deu negativo. Ontem eu peguei chuva e pode ter piorado. Passei 10 dias com gripe", revelou a mulher.

"Eu acho ótimo que tenha toda essa testagem, porque se pessoa positivar, ela vai poder ficar em casa, se cuidar e não passar para os outros. Se eu desse positivo iria ficar em casa, para me cuidar e cuidar dos outros", finalizou.

Apesar da Secretaria Municipal de Saúde de Belém (Sesma) informar que todas as unidades de saúde estão realizando a testagem, na UBS da Sacramenta a enfermeira do local informou que a unidade não está realizando os testes e que somente estão disponíveis nas unidades listadas que seriam oito UBS e cinco UPA.

Sobre a falta de testagem, lista correta de locais e demora nos atendimentos, a Sesma foi contatada para esclarecimentos.

Palavras-chave

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM