Túmulos são destruídos após queda de árvore no Cemitério Santa Isabel

Segundo relatos, caixões estão à mostra no local. Veja outras imagens:

Tainá Cavalcante / Redação Integrada

A queda de uma Mangueira no Cemitério Santa Isabel, no bairro do Guamá, danificou inúmeros jazigos do local. De acordo com as primeiras informações, o incidente ocorreu há duas semanas, quando a árvore caiu durante um temporal. O fato, porém, só veio a conhecimento público nesta segunda-feira, 15.

Na queda, a Mangueira destruiu vários jazigos e, segundo relatos, caixões estão à mostra. Pelo tamanho da árvore, diversos túmulos estão inacessíveis, pois a folhagem, os galhos e o tronco impedem a passagem.

Troncos, galhos e folhagens impedem a circulação na área (Guilherme Mendes)
A queda teria ocorrido há três semanas (Guilherme Mendes)

 

Em nota, a Prefeitura de Belém informou que as Secretarias de Saneamento (Sesan) e de Meio Ambiente (Semma) já trabalham na retirada do vegetal. O órgão ainda acrescenta que, "após a conclusão deste serviço, a Secretaria de Urbanismo (Seurb) irá fazer o levantamento das sepulturas danificadas e iniciar o trabalho de recuperação da parte estrutural". 

Questionados sobre um prazo para a conclusão do serviço, tendo em vista a proximidade do ocorrido com o Dia das Mães, a prefeitura garante que "trabalha para que o serviço seja concluído antes do feriado do Dia das Mães". Ainda segundo a nota, "à medida que a árvore vai sendo retirada, servidores vão tendo acesso às sepulturas e fazendo a lacração das mesmas". 

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!