Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Sesma detalha casos suspeitos de 'urina preta' em Belém

Dos três em Belém, dois não apresentaram todo os critérios da doença. Mas todos permanecem em análise

O Liberal

Dos oito casos suspeitos da "Doença da Urina Preta" no Pará, conforme divulgado nesta segunda-feira (20) pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), um é de Trairão, quatro de Santarém e três são de Belém. Sobre os casos suspeitos em Belém, a Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) explicou hoje (20) que dois deles não apresentaram todos os critérios clínicos da doença.

Em Belém, segundo a Sesma, há cerca de duas semanas, era apenas um caso suspeito. Na sexta-feira (17), passaram a ter mais dois casos suspeitos. Assim, Belém soma hoje três casos suspeitos. Em dois deles, os pacientes tiveram diagnóstico médico sugestivo da doença, contudo, não apresentaram todos os critérios clínicos que definem a Síndrome de Haff. Ainda assim, todas as amostras biológicas foram enviadas ao Laboratório Central do Estado (Lacen), que ainda não emitiu os resultados.

A Sesma comunicou que não há nenhum caso confirmado da Síndrome de Haff na capital paraense. Dessa forma, não há orientação para indicar restrições ao consumo de pescado na capital.

Investigação

Como informou a Sesma, na última quarta-feira (15), a Divisão de Vigilância Epidemiológica e o Centro Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde de Belém receberam a informação sobre três casos suspeitos da Síndrome de Haff. Dois pacientes estavam internados em diferentes hospitais da rede privada e o terceiro internado em hospital da rede pública de Belém.

A partir da investigação dos casos, técnicos da Sesma verificaram que apenas o paciente internado no hospital da rede pública apresentou quadro clínico e história epidemiológica compatíveis com os critérios para o diagnóstico da doença de Haff.

O órgão municipal acompanha todos os casos notificados, o que inclui os familiares que ingeriram pescado. Nenhum deles apresentou qualquer sinal ou sintoma da doença de Haff até o momento, como divulgou a Sesma. Estabelecimentos comerciais são investigados, com vistoria e coleta de material para análise no Lacen.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM