Sensação térmica em Belém chega aos 37º C

Inmet diz que altas temperaturas devem ser registradas até o dia 10. Chuvas começam a se intensificar na região a partir de 8 dezembro

João Paulo Jussara

Na última semana, o forte calor em Belém incomodou muita gente. A temperatura média diária foi de 34º C durante o dia, mas com sensação térmica chegando aos 37º C. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a expectativa é de que este calor intenso permaneça, em média, até o dia 10 de dezembro, época em que a frequência de chuvas aumenta. Para lidar com as altas temperaturas, a alternativa é manter a hidratação, além de aproveitar espaços arborizados, como praças e parques, onde o clima é mais agradável.

Pensando em fugir um pouco do calor intenso das áreas urbanas da capital, o casal Joyce e Augusto Paiva aproveitou o começo da tarde de ontem para levar a filha, Alice, de 2 anos, para passear na praça Batista Campos.

Entre um brinquedo e outro, uma pausa para beber água e reforçar o protetor solar. E sem esquecer da sombrinha, que os acompanha durante toda a caminhada. “A gente não sai de casa sem ela. É muito útil, tanto para se proteger tanto do sol, quanto da chuva, que sempre cai em Belém”, diz Joyce.

Dentro da bolsa de Alice, além de água, também havia diferentes tipos de fruta, como uva e tangerina, ricas em suco. Os pais contam que a criança é muito calorenta e por isso necessita de cuidados a mais nesta época do ano.

Por isso, sempre que a família encontra um tempo, costuma levar Alice em áreas verdes, para desestressar. “A gente adora passear na praça, principalmente ela”, conta Augusto. “Aqui o calor é menor, tem muitas árvores, o clima é gostoso e dá para fugir um pouco da realidade”. 

Joyce e Augusto Paiva levam a filha, Alice, de 2 anos, para passear na praça Batista Campos à tarde para fugir do calor intenso (João Paulo Jussara / Especial O Liberal)

Cuidados

A nutricionista Tayana Vago destaca que cada indivíduo possui uma recomendação de hidratação diária diferente. O cálculo indicado é de 35ml de água multiplicado pelo peso corporal da pessoa.

Ou seja, uma pessoa de 45kg deve ingerir, em média, 1,5 litros de água por dia, enquanto uma pessoa de 90kg precisa de, pelo menos, 3,1 litros diariamente.

Dessa quantidade de hidratação indicada, no mínimo 50% precisa ser de água pura, enquanto o resto pode ser complementado com alimentos que possuem água em sua composição.

A principal dica da nutricionista é aumentar o consumo de frutas com maior quantidade de água, como a melancia, por exemplo, que é composta por 90% de água. “Ela consegue hidratar sem gerar uma alteração no valor calórico diário, além de ser ter vários nutrientes e de ser antioxidante, o que ajuda na proteção da pele”, explica a especialista.

Outras frutas ricas em água são melão, morango, abacaxi, goiaba, pera e banana. Aumentar o consumo desses alimentos significa aumentar a hidratação corporal. Uma receita simples de fazer, recomendada por Tayana, é o “suco hidratante”, feito com melancia, pepino e a base de água de coco.

“A água de coco não só hidrata, como fornece sais minerais, como o potássio e o sódio, e o pepino e a melancia são componentes da alimentação que ajudam nessa hidratação e têm nutrientes importantes”, revela Tayana.

Na esquina da avenida Serzedelo Corrêa com a rua dos Mundurucus, Luís Silva vende frutas há 32 anos. O que mais faz sucesso é o abacaxi gelado, que custa R$ 2 a fatia. No verão, Luís chega a vender até 70% mais do que no resto do ano. “Cada ano que passa está mais quente, e o meu abacaxi é famoso porque ele é bem geladinho e refrescante. As pessoas compram muito, todos os dias”, conta o vendedor.

Previsão

De acordo com o coordenador do 2º Distrito do Instituto Nacional de Meteorologia (2º Disme) do Inmet, José Raimundo Abreu, o calor intenso deve permanecer neste início de dezembro.

“Nós vamos ter esse calorzão até o dia 10, mais ou menos. Mas nos dias 3 e 4 tem uma cobertura de nuvens maior se acentuando, e as chuvas, not a dam ente, d evem ocorrer a partir das 15h até as 18h, podendo se estender até as 21h nestes dois dias específicos. O período chuvoso deve começar aqui em Belém em dezembro, depois da segunda quinzena, mas a frequência da chuva já aumenta do dia 8 em diante”.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BELÉM