Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

No Pará, Inep aponta 38 mil, 313 faltosos na prova tradicional do Enem 

Os dados são parciais

O Liberal

Coordenadora das ações do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup) informou, na noite deste domingo (28), que o segundo dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio 2021 (Enem 2021), foi tranquilo, sem maiores imprevistos em 742 locais de prova em todo o Estado. Os portões foram fechados às 13h, no horário de Brasília, com o início da prova às 13h30. 

De acordo com informações preliminares do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), presentes no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), no Pará houve, aproximadamente, 31,5% de abstenção para a prova tradicional, o equivalente a cerca de 38 mil, 313 candidatos ausentes, e 50% para o Enem Digital.

A "Operação Enem 2021" realizada pela Segup em conjunto com o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) coordenou ações de logística, policiamento ostensivo e monitoramento do certame. E, por todo este domingo, o Centro Integrado, com sede na avenida Almirante Barroso, em Belém, monitorou a realização da prova, pronto para intervir em questões que pudessem comprometer o andamento normal do Enem.

FALTA DE LUZ E POLUIÇÃO SONORA

Em Mocjauba e Baião, municípios do Baixo Tocantins, e em Tailândia, no nordeste do Pará, houve a interrupção do fornecimento de energia elétrica, mas, segundo a Segup, sem o comprometimento da realização das provas.

Houve, ainda, oito registros de poluição sonora próximo a locais de prova: Acará (1), Santarém (2), Castanhal (4) e em Belém (1), no conjunto Panorama XXI, no bairro do Mangueirão. A Segup informou que os casos foram solucionados com agilidade em razão do trabalho conjunto dos órgãos mobilizados pelo Centro Integrado de Comando e Controle.

De Belém, as informações levantadas pelo Centro Integrado eram repassadas para o Centro Integrado de Comando e Controle Nacional, no Distrito Federal (DF), por meio do Sistema Córtex.

Nesta noite de domingo, os policiais militares realizam, juntamente com equipes dos Correios a logística dos malotes contendo as provas até o 8° Depósito de Suprimento (DSUP), onde serão aguardadas para serem levadas para correção em Brasília (DF). 

Conforme a Segup, o Centro Integrado, em Belém, e os Centros Integrados de Comando e Controle Regionais (CICCR), monitoraram, por meio de 353 câmeras tanto a Região Metropolitana de Belém quanto a realização da prova em Marabá, Capanema, Castanhal, Soure, Breves, Paragominas, Tucuruí, Redenção, São Félix Xingu, Santarém, Itaituba, Abaetetuba e Altamira.

Sobre o trabalho integrado participaram do monitoramento conjunto no Centro, em Belém, representantes dos Correios, Exército, Polícias Civil e Militar, Grupamento Aéreo e Fluvial da Segup, Departamento de Trânsito do Estado (Detran), Guardas Municipais, Secretaria de Estado de Educação (Seduc), a concessionária Equatorial, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que coordena o certame, Fundação Getúlio Vargas e Fundação Cesgranrio, que executam as provas à nível estadual de forma presencial e virtual, respectivamente.

Palavras-chave

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM