Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

SecDH lança o Programa “Escolas de Cidadania” baseado na metodologia de Paulo Freire

A primeira ação do projeto terá início já na terça-feira (19), com um curso voltado para trabalhadores da rede municipal de ensino.

O Liberal

Na próxima segunda-feira (18), às 18 horas, no Solar da Beira, a Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Extraordinária de Cidadania e Direitos Humanos (SecDH), lança o Programa Municipal de Educação em Direitos Humanos Escolas de Cidadania. A ação é realizada em alusão ao Centenário de nascimento de Paulo Freire. O evento de lançamento contará com apresentações culturais e presença de autoridades e dos movimentos sociais.

As ações formativas do programa serão baseadas na metodologia de Paulo Freire e terão início já na terça-feira (19), com um curso de atualização profissional sobre “Direitos Humanos e Escuta Especializada na Escola”, voltado para trabalhadores da rede municipal de ensino.

A iniciativa - dividida em três eixos (servidores municipais, escola e comunidade) - é pioneira na capital paraense e tem como objetivo desenvolver processos formativos de caráter contínuo e permanente voltados para a promoção dos direitos humanos, estímulo ao exercício da cidadania ativa e enfrentamento a todas as formas de violência e preconceito. 

O programa também pretende valorizar a memória, os saberes históricos e culturais dos povos da Amazônia e fomentar a autonomia e o protagonismo dos sujeitos por meio da instrumentalização sobre leis, programas e o funcionamento do Sistema de Garantia de Direitos.

No próximo semestre, o projeto irá realizar um curso de especialização para guardas municipais e um curso de aperfeiçoamento para conselheiros tutelares, em parceria com a Uepa e UFPA, respectivamente. Haverá também cursos socioprofissionalizantes e oficinas envolvendo arte e cultura nos bairros. Além de rodas de conversa no contraturno escolar, voltadas para estudantes da rede municipal de ensino com o objetivo de combater a violência e as diversas manifestações de preconceito nas escolas.

(Bruna Ribeiro, estagiária, sob supervisão de Jorge Ferreira, coordenador do Núcleo de Atualidades)

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM