Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Reitor da UFPA participa de evento que discute os desafios da ciência na Amazônia

Além do professor doutor Emmanuel Zagury Tourinho, escritores e pesquisadores renomados estarão no Encontro Norte das Fundações de Apoio (Enfap). Evento será totalmente online e gratuito

O Liberal

"Os países que estão se saindo melhor no enfrentamento à pandemia são os que deram a importância devida ao seu sistema de ciência e tecnologia". A frase é do professor-doutor Emmanuel Tourinho, reitor da Universidade Federal do Pará (UFPA), que na próxima quinta-feira (23), debaterá sobre "os desafios de fazer Ciência na Amazônia", durante o  I Encontro Norte das Fundações de Apoio (Enfap). A programação será totalmente on-line e gratuita: é necessário fazer inscrição para ter acesso à plataforma de transmissão nos dois dias de evento – 23 e 24 de junho. Basta acessar o site oficial.

O Brasil foi atingido pela pandemia de covid-19 justamente em um dos períodos mais difíceis para a ciência e tecnologia nacionais. O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) foi o que sofreu o maior corte no Orçamento da União de 2021, com uma redução de 29% dos seus recursos, em comparação com o ano de 2020. O orçamento total previsto para o ministério neste ano é de R$ 8,3 bilhões. No ano passado, o valor repassado à pasta foi de R$ 11,8 bilhões.

"Essa conjuntura é muito desfavorável, muito difícil, e coloca em risco o que nós conquistamos até aqui, porque na medida que nós vamos suspendendo projetos, dissolvendo grupos de pesquisa, nós vamos nos distanciando da fronteira do conhecimento, e quando tivermos novamente financiamento, nos custará muito voltar ao ponto em que estávamos antes", observa Emmanuel Tourinho.

O professor explica que ainda há algumas dificuldades adicionais experimentadas por pesquisadores da região amazônica. "No cenário brasileiro, as instituições da Amazônia recebem uma fração do investimento público em Ciência e Tecnologia que está muito aquém da sua necessidade e da sua importância", pontua Tourinho. "Eu participarei desta atividade que busca chamar atenção para o fato de que as políticas públicas nacionais não têm dado a atenção devida ao esforço que é feito na Amazônia. Nós trabalhamos condições ainda mais insuficientes que as instituições das outras regiões".

Nomes confirmados

A abertura do evento ocorrerá na quinta-feira (23), com participação e fala inicial do reitor da UFPA, Emmanuel Tourinho. Também estarão presentes o presidente do Conselho Nacional das Fundações de Apoio às Instituições de Ensino Superior e de Pesquisa Científica e Tecnológica (Confies), Fernando Peregrino, e o diretor da Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (Fadesp-UFPA), Roberto Ferraz Barreto.

A escritora, historiadora e pesquisadora Lilia Schwarcz é um dos nomes confirmados no evento. Ela e o cientista e pesquisador da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Carlos Gadelha, falarão sobre o histórico da pandemia da Gripe Espanhola no país e o Complexo Econômico Industrial da Saúde, projeto empreendido pela Fiocruz.

O pesquisador, professor e Copresidente do Painel Científico para Amazônia (ONU/USP) Carlos Nobre e o reitor da UFPA, Emmanuel Tourinho, debaterão a respeito dos desafios de fazer Ciência na região amazônica. A reitora da Universidade Federal de Rondônia (UNIR), Marcele Pereira, será a mediadora do debate. 

A programação completa do I Enfap/Confies pode ser acompanhada no site oficial do evento, onde também serão feitas as inscrições.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM