Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Refugiados venezuelanos ganham casamento coletivo em Belém

Quatro casais participaram de iniciativa da Funpapa nesta quarta-feira (16)

Redação Integrada

Quatro casais venezuelanos participaram de um casamento comunitário no Espaço Municipal de Acolhimento para refugiados venezuelanos da etnia Warao na última semana. A iniciativa foi da Prefeitura de Belém, por meio da Fundação Papa João XXIII (Funpapa), que realizou o evento no bairro do Tapanã. A cerimônia foi um pedido dos indígenas, que adotaram o Cristianismo como doutrina religiosa. O evento contou ainda com o apoio da Paróquia de São Francisco de Assis, que cuidou gratuitamente de todos os trâmites necessários para o casamento. 

A cerimônia foi completa, "como manda o figurino", com a entrada dos padrinhos, dos noivos, das crianças com as alianças, um belo tapete vermelho, bolo e registro fotográfico. Além disso, o buffet foi de acordo com a cultura dos noivos. Um dos pratos principais foi a arepa de milho, um preparo feito com trigo, frango, legumes e suco de uva e é um dos itens mais emblemáticos do cardápio da Venezuela. 

Para os noivos, o momento é de gratidão e realização. "Esse momento é muito importante para mim e para meu povo, pois é a primeira vez que Waraos estão se casando aqui e com o apoio da prefeitura. Esse apoio é muito importante, eu estou muito agradecida, não tenho palavras para expressar minha gratidão", disse Maria Perez, de 30 anos, uma das noivas. Desde 2014, mais de 4 mil indígenas Warao vindos da Venezuela entraram no Brasil, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU). No Pará, ainda de acordo com a ONU, há cerca de mil. Do total, 450 estão na capital e, destes, 245 vivem atualmente no abrigo.

Palavras-chave

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM