Quatro bairros de Belém completam quatro dias sem água

Pedreira, Sacramenta, Telégrafo e parte do Barreiro estão sem água devido vazamento na tubulação do canal da Pirajá

Redação Integrada

Os moradores dos bairros da Pedreira, Sacramenta, Telégrafo e parte do Barreiro continuam sem água desde a manhã da última sexta-feira, dia 8. Em algumas residências a água está bem fraca, suja e escura. O problema no abastecimento começou devido um vazamento na tubulação do canal da Pirajá, no bairro da Pedreira. Equipes da Companhia de Saneamento (Cosanpa) já foram ao local para fazer manutenção, mas o problema ainda não foi resolvido. 

A população reclama que não há água no chuveiro e que é preciso encher baldes em torneiras baixas para abastecer a casa e realizar atividades do dia a dia, como lavar louça, por exemplo. Alguns contam com a solidariedade de vizinhos. O borracheiro Manoel Romano, que mora nas proximidades do canal da Pirajá, lamenta a falta d'água e diz estar muito prejudicado. "Se a gente não pagar a conta, logo cortam o abastecimento. Mas quando é para prestarem o serviço, sempre falham. Estamos desde sexta sem água para trabalhar e fazer o que é preciso em casa. Tenho sorte de ter uma torneira baixa e conseguir encher baldes de água, mas e quem não tem? Precisamos de água para viver", desabafa. 

A dona de casa Maria Latifa tem 63 anos e mora no segundo andar de uma casa na esquina do canal da Pirajá. Ela precisa encher baldes de água e subir a escada carregando-os várias vezes ao dia. "As vezes ainda cai um pouquinho de água nas torneiras, mas é difícil. Quando não tem uma gota, preciso descer, encher o balde de 20 litros e subir. É muito peso", conta. Maria diz ainda que a água está suja e fedorenta. "Essa água só serve para limpar a casa. Não posso fazer comida com ela então tenho que comprar garrafões de água mineral. Esse é outro prejuízo porque o abastecimento da Cosanpa não está funcionando", lamenta. 

Maria conta que a equipe da Cosanpa, que esteve no local na tarde dessa segunda-feira (11), informou que está faltando uma peça hidráulica para que a manutenção seja concluída. "Eles não vieram trabalhar no fim de semana. Hoje me pediram paciência e disseram que até o fim da semana o problema estará resolvido".

A Cosanpa informou em nota que irá iniciar uma nova ação nesta terça-feira (12), para colocação de novas flanges na tubulação. A previsão é de normalização na quarta-feira (13).  

Belém