Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Projeto de incentivo ao uso de bicicletas por mulheres comemora quatro anos de existência

Nos quatro anos de atuação, o coletivo “Pedala Mana” já realizou palestras em instituições educacionais, bate papos e oficinas de mecânica básica para mulheres

O Liberal

No próximo domingo (24), às 7h, o grupo de mulheres ciclistas “Pedala Mana” irá realizar um passeio em alusão aos quatro anos do projeto, comemorado no dia 27. As ciclistas irão sair do bairro de São Brás em um percurso até o Parque Estadual do Utinga. O coletivo, que nasceu em 2017, tem o intuito de desconstruir a lógica do medo e encorajar as mulheres a saírem do transporte público e adotarem a mobilidade ativa como filosofia de vida.

“Nos dedicamos a incentivar mulheres a pedalar exatamente pelo fato delas pedalarem menos, por serem menos encorajadas a usarem a bicicleta como meio de transporte e lazer pelas mais diversas motivações negativas de acordo com o @ciclocidade - GT Gênero. Nosso objetivo é fazê-las entender que a cidade também é delas, que a presença delas nos mais diversos pontos da cidade é uma maneira de naturalizar a ocupação feminina da cidade que em geral é planejada por homens e prioriza o transporte motorizado”, destaca Daniele Queiroz, uma das representantes do "Pedala Mana".

Segundo a representante, casos de assédio costumam desestimular as mulheres a andarem de bicicleta pela cidade. Ela conta que a história mais grave de assédio no grupo ocorreu quando um homem resolveu pedalar muito próximo de uma das ciclistas e a assediou verbalmente.

“Tomamos muito cuidado para esse tipo de violência não desencorajar mulheres a pedalar. Quem está invadindo e violando o espaço das mulheres são os abusadores que não podem se sentir à vontade para circular na cidade com um comportamento absolutamente desviado. Precisa ser denunciado, registrar na instância competente para gerar dados que reflitam numa política de segurança pública efetiva para esses tipos de crimes. Homens lembrem-se: Não é não!”, ressalta Daniele Queiroz.

Nos quatro anos de atuação, o coletivo já realizou palestras em instituições educacionais, bate papos e oficinas de mecânica básica para mulheres. O projeto conta também com um grupo de acolhimento onde as mulheres podem ter acesso a dicas de percursos, conforto, onde encontrar bicicletas e equipamentos com os melhores preços.

“No grupo de acolhimento, além das dicas, falamos muito sobre nossa paixão comum que é a bicicleta e seu maravilhoso universo de potencialidades. Nós também acolhemos as dificuldades umas das outras, seja uma situação chata no trânsito, um problema de saúde, um pet que precisa encontrar um lar, receitas de comidinhas. Tentamos quebrar a frieza das relações nos aproximando de situações comuns a todas. É um espaço muito importante de trocas, inclusive, no momento em que a pandemia impôs o confinamento mais severo esse grupo foi uma importante rede de apoio para muitas mulheres”, explica a representante do coletivo.

PEDALA MANA

Os passeios ciclísticos do "Pedala Mana" são noturnos e acontecem de forma semanal, sempre às quintas-feiras. As mulheres da articulação pensam numa rota prévia e estimam o tempo de percurso garantindo paradas para hidratação. No grupo, quem dita o ritmo do passeio é sempre a mulher que pedala mais devagar.  “Em quase todas as capitais do País existem grupos de pedal exclusivamente femininos. Se a mana estiver fora de Belém e quiser companhia para um pedal, é só buscar nas redes sociais que seguramente ela vai encontrar outros núcleos de mulheres com o mesmo perfil. As informações sobre nossos passeios está disponível no nosso instagram @pedalamanaa” conclui Daniele Queiroz, uma das representantes do "Pedala Mana".

(Bruna Ribeiro, estagiária, e Valéria Nascimento, sob supervisão de Jorge Ferreira, coordenador do Núcleo de Atualidades)

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM