Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Prefeitura de Belém recua e não vai mais demolir o 'GreenValla', no bairro de Fátima

O espaço, que fica às margens do canal da 3 de Maio, é uma opção de lazer para a criançada

Dilson Pimentel

A comunidade foi surpreendida com a decisão da Prefeitura de Belém de acabar com o espaço de lazer “GreenValla - Matin Ville", que fica às margens do canal da 3 de Maio, no bairro de Fátima, e que serve de diversão para a criançada. No dia 30 de março, a prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan), havia notificado o idealizador do projeto, o barbeiro Sandro Bessa. O documento informa que, a partir daquela data, Sandro tinha três dias para “retirar a construção irregular” da beira do canal, demolindo-a. Mas, no começo da tarde desta segunda-feira (4), a Sesan informou, à Redação Integrada de O Liberal, que “suspendeu as ações de remanejamento na área citada e abriu um diálogo com a comunidade em busca de uma solução”.

VEJA MAIS

Puxadinho às margens de canal vira 'GreenValla' e garante lazer na periferia
Balneário informal popular, que tem até piscina, é uma resistência social e abre o debate do uso da cidade pelas pessoas

 Naquela notificação, a Sesan informa ainda que vistoria técnica feita no local atestou que Sandro fez uma construção irregular em “área pública, não edificante, no canal da 3 de Maio”, e que essa área “não é passível de regularização urbanística e fundiária”.

Idealizador do espaço de lazer, o barbeiro Sandro Bessa mostra a notificação que recebeu da Sesan (Ivan Duarte/O Liberal)

O nome do espaço é uma sátira a um residencial de alto padrão de Belém e foi assim batizado por ficar à beira da “vala” (canal). Sandro disse que, a todo momento, e a qualquer hora, há crianças brincando na "piscina”, que, na verdade, é uma caixa d'água de 1 mil litros.

Metade da caixa d'água está enterrada e a outra metade está na superfície. Sandro disse que, quando o idealizou, há oito anos, o espaço não tinha esse nome. À época, havia uma cobertura de lona e um cercado. Há três anos, a prefeitura retirou esse espaço.

Veja mais sobre diversão em Belém

O que fazer hoje em Belém; confira a agenda cultural desta quarta-feira (06)

O que fazer hoje em Belém; confira a agenda cultural desta quinta-feira (07)

"É sol, chuva e a criançada tá tomando banho”, diz idealizador do espaço

Depois de um ano, ele voltou a montar o espaço, para beneficiar as crianças, que não tinham um espaço de lazer, colocando a “piscina”. “Se as crianças não estivessem aqui, estariam tomando banho de chuva na rua ou mesmo tomando banho no canal”, disse.

Ele contou que os moradores da área o ajudaram a construir o espaço, doando, por exemplo, telha e cimento.

“Esse espaço não tem fins lucrativos, é em prol da criançada. Às vezes, o pai e a mãe dessas crianças não têm aquele dinheirinho para ir bem aqui em Outeiro”, disse Sandro.

Toda hora tem criança brincando nessa área de lazer. “É sol, chuva e a criançada tá tomando banho”, contou. Esse movimento é durante a semana e, também, nos finais de semana. “Já chegou a ter 11 moleques brincando aí na piscina”, disse Sandro.

Ele disse que, caso a prefeitura fosse mesmo acabar o espaço, que remanejasse o local para outra área do bairro e fizesse um igual a esse, para que as crianças continuassem tendo um espaço de lazer. Sandro disse ainda que, na próxima quarta-feira, terá uma reunião com a prefeitura, às 10 horas, para tratar do assunto.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM