Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Prefeitura anuncia projeto de revitalização de 16 imóveis em Belém e Mosqueiro

Os imóveis contemplados, que incluem seis patrimônios históricos, estavam totalmente ou parcialmente fora de uso

O Liberal

A Prefeitura de Belém realizará nesta terça-feira, dia 21, uma coletiva de imprensa para expor maiores detalhes do projeto de revitalização de 16 imóveis de propriedade do município que estão totalmente ou parcialmente sem uso. O evento foi divulgado neste domingo, dia 19, no site Agência Belém.

A ação de revitalização é liderada pela Secretaria Municipal de Administração (Semad) e terá como foco prédios que estão localizados em Belém e no distrito de Mosqueiro. Seis deles são patrimônios históricos. O projeto busca reduzir, a longo prazo, os gastos da gestão municipal com aluguel de imóveis para abrigar órgãos públicos, além de valorizar e preservar os prédios históricos para a cidade.

Os prédios contemplados são o Palacete Pinho, localizado no bairro Cidade Velha; dois casarões de dois pavimentos na Vila Bolonha, em Nazaré; o Memorial Magalhães Barata (Chapéu do Barata), em São Brás; o Complexo Espaço Palmeira, no Comércio; a ex-sede da Secretaria Municipal de Finanças (Sefin), no bairro da Campina; a antiga sede da Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel), na praça Frei Caetano Brandão, na Cidade Velha; o prédio do Instituto de Assistência à Saúde dos Servidores Municipais (IASB), na av. Almirante Barroso, bairro do Marco; a antiga sede do Portal do Trabalhador da Secon, na tv. Gaspar Viana; imóvel onde funcionava o Shopping Popular da Secon, no Comércio; a sede da Coordenadoria de Políticas e Segurança Alimentar e Nutricional de Belém (Copsan), em São Brás; a nova sede da Procuradoria Geral do Município (PGM), na av. Presidente Vargas; as instalações dos Espaços de Acolhimento (EAs) Ronaldo Araújo e Dulce Accioli; o Praia Bar, em Mosqueiro; e o DRM da Secretaria Municipal de Saneamento, em Mosqueiro.

A ação está dividida em fases: identificação do imóvel, vistoria técnica, limpeza emergencial, definição de destinação, busca por recursos financeiros e início das obras. Todos os prédios já foram catalogados e vistoriados.

Agora, a Prefeitura de Belém dialoga com a Câmara Municipal de Belém (CMB), a fim de conseguir a autorização do Poder Legislativo para viabilizar uma operação de crédito de mais de R$ 300 milhões junto à Caixa Econômica Federal para financiar as obras.

Os prédios contemplados pelas obras são: 

 - Palacete Pinho, no bairro Cidade Velha
- Casarões de dois pavimentos na Vila Bolonha (dois), em Nazaré
- Memorial Magalhães Barata (Chapéu do Barata), em São Brás
- Complexo Espaço Palmeira, no Comércio.
- Ex-sede administrativa da Secretaria Municipal de Finanças (Sefin), na Campina
- Antiga sede da Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel) - Praça Frei Caetano Brandão, na Cidade Velha
- Prédio do Instituto de Assistência à Saúde dos Servidores Municipais (IASB), na avenida Almirante Barroso, bairro do Marco
- Imóvel onde funcionava o Portal do Trabalhador (Secon), na travessa Gaspar Viana.
- Espaço de Acolhimento Ronaldo Araújo.
- Espaço de Acolhimento Dulce Accioli; 
- Imóvel onde funcionava o Shopping Popular (Secon), no Comércio.
- Sede da  Coordenadoria de Políticas e Segurança Alimentar e Nutricional de Belém (Copsan), em São Brás.
- Nova Sede da Procuradoria Geral do Município (PGM), na avenida Presidente Vargas.
- Praia Bar, em Mosqueiro.
- DRM da Secretaria Municipal de Saneamento, em Mosqueiro.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM