Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Polícia captura quadrilha de assalto em Limoeiro do Ajuru

Seis procurados foram encontrados em uma embarcação em Abaetetuba

O Liberal

A Polícia conseguiu prender uma quadrilha de seis assaltantes que havia investido contra a casa de um comerciante em Limoeiro do Ajuru, na madrugada de domingo (9), levando, inclusive, um filho do homem como refém na fuga. Ainda na saída do grupo do local do crime, um policial militar foi atingido por um disparo na troca de tiros com os criminosos.

Após o assalto, a Polícia passou a procurar pelo paradeiro do bando, ou seja, desde domingo, foram levantadas informações sobre a quadrilha. Nesse processo, a Polícia obteve a informação de que os assaltantes, que vinham atuando como piratas, praticando roubos pelos rios da região, encontravam-se a caminho do Município de Abaetetuba. 

Embarcação

Buscas por essa região passaram a ser feitas, incluindo abordagem a embarcações. Como resultado, em uma das abordagens, os policiais constataram a atitude suspeita dos condutores de um barco, inclusive, trafegando em alta velocidade.

Em ação contra os ocupantes da embarcação, os policiais encontraram duas pistolas, um simulacro de arma de fogo e um motor de rabeta, entre outros objetos.

Na embarcação estavam seis ocupantes. Todos foram presos, após confessarem ter participado do assalto em Limoeiro do Ajuru. Os acusados foram, então, conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil de Abaetetuba, para os procedimentos cabíveis.

O caso

Na madrugada de domingo (9), um grupo invadiu a casa de um comerciante em Vila Pinto, em Limoeiro do Ajuru. Os assaltantes mantiveram sob domínio a família na casa, mediante o uso de violência, ou seja, sob a mira de armas de fogo. O bando levou vários bens do comerciante. 

Na fuga, os assaltantes tomaram como refém um dos filhos do homem. O filho foi resgatado momentos depois da fuga da quadrilha. A Polícia Militar foi acionada, e, então, houve troca de tiros entre policiais e assaltantes. Um policial chegou a ser atingido com um tiro de raspão na cabeça.

Os criminosos seguiram em uma lancha em direção à Baía do Marapatá, no Rio Tocantins, ainda com o refém. O filho do comerciante foi liberado na localidade de Rio Turussu, em Limoeiro do Ajuru. ( Com informações de Exortação Notícias e Canal 1 Limoeiro).

A Reportagem Integrada de O Liberal levanta mais informações sobre o caso.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM