Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Ex-capitão da PM é denunciado e perde patente militar

O agente foi considerado indigno de permanecer no oficialato da Polícia Militar do Pará

Eduardo Rocha

Em sessão virtual de Direito Penal do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, na manhã desta segunda-feira (23), presidida pelo desembargador Leonam Gondim Cruz Júnior, foi determinada a perda da patente militar por Marcel de Jesus Duarte Wanzeler. Ele foi considerado indigno de permanecer no oficialato da Polícia Militar do Pará.

A avaliação foi dos julgadores da Seção Penal que mantiveram a decisão da Justiça Militar e determinaram a perda de sua patente, que era de capitão, e todos os direitos consectários, de acordo com legislação em vigência.

Conforme os autos do processo, o ex-capitão da PM foi denunciado pela Promotoria Militar por ter disponibilizado uma viatura da Polícia, sem identificação, para ficar à disposição de sua esposa, e por posse de drogas, uma vez que foi encontrado em seu gabinete, quantidade de entorpecente (5,34 kg) e balança de precisão sem que tivesse informado ao seus superiores ou mesmo à Delegacia de Polícia.

O ex-militar foi preso em fevereiro de 2018, após a Corregedoria da PM constatar denúncias feitas contra o então oficial, que era comandante da 29ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) de Óbidos, no oeste do Pará.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM