Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Personal organizer: entenda sobre a carreira que atrai cada vez mais adeptos

Ambientes menores, qualidade de vida e praticidade, são alguns dos motivos para o crescimento da profissão voltada à organização.

O Liberal

Com o aumento do período de tempo em casa, principalmente com a pandemia, a bagunça também cresceu. Além disso, os espaços cada vez menores, o acúmulo de objetos e a busca por praticidade nos ambientes fez o mercado da organização crescer. Profissionais especializados em "colocar tudo no devido lugar" ganharam destaque, eles são chamados de Personal Organizer (Organizador Pessoal, em tradução livre).

Existe uma enorme diferença entre "organizar" e "arrumar''. Apesar de parecerem termos  iguais, quando se trata de organização, há três princípios básicos que fazem são fundamentais: seleção, categorização e departamentalização. O Personal Organizer parte desses conceitos e os aplica para trazer ao local onde realiza o trabalho mais praticidade, funcionalidade e fluidez.

"É um profissional qualificado e dotado de técnicas que são usadas para organizar qualquer que seja o ambiente: a rotina residencial, mudanças e pós-mudança, malas para viagem, enfim, a vida do seu cliente. Quando se trata de arrumação, é apenas a alocação de objetos em locais, muitas vezes, inadequados e sem nenhum critério", diz Giselle Reis, organizadora pessoal conhecida como Santa Gigi Organizer.

Giselle Reis (Reprodução: Divulgação)

Economista e advogada, de formação, Giselle aderiu ao empreendimento que lhe proporciona autonomia e bem estar pessoal. "Sempre gostei do tema, e depois de muito tempo insistindo em outras carreiras ditas 'mais promissoras', resolvi ceder ao que realmente me fascinava: a organização. Então resolvi aliar o útil ao agradável. Não é apenas ir atrás de um salário, faço o que amo e, junto com isso, tenho meu sustento e transformo a vida das pessoas através da organização", afirma ela.

Giselle Reis (Reprodução: Divulgação)

Há um ano na profissão, Giselle diz que está “desbravando” o território que é essa carreira em Belém, por ser pouco conhecida. Mas com um trabalho de qualidade e cuidados adequados neste período de  pandemia, está ultrapassando os desafios. “Estou dando um passo de cada vez, sem queimar etapas. Sei que preciso ter paciência com esse terreno tão novo aqui na cidade, tão desconhecido. Demonstrando todo o cuidado que tenho na prestação do meu serviço, as dificuldades foram transpostas. Mas, devagarinho, estou caminhando e conseguindo desvendar tudo sobre a profissão de personal organizer”, contou.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM