Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Participantes do BBB têm hábitos alimentares questionados por internautas

Especialista aponta riscos a saúde em casos de dietas muito restritivas

O Liberal

Nos últimos dias, as redes sociais estão repercutindo os possíveis transtornos alimentares de dois participantes da 22ª edição do Big Brother Brasil (BBB). A alimentação de Bárbara Heck e Arthur Aguiar tem preocupado internautas e até mesmo outros participantes do reality show. O público que acompanha a casa tem manifestado nas redes os possíveis diagnósticos de ambos os brothers, o que não é indicado, de acordo com especialistas.

“É muito difícil diagnosticar algum transtorno alimentar ou de saúde apenas pela internet, pois nem todos possuem formação acadêmica para falar sobre temas desse tipo. Para que tenhamos um bom diagnóstico, é necessário ressaltar a importância da equipe multidisciplinar: médico, psicólogo, nutricionista, entre outros. Apenas com o trabalho em conjunto de profissionais qualificados, podemos diagnosticar se há algum transtorno”, destaca o nutricionista André Luiz.

VEJA MAIS

Alimentação: entenda como ela pode afetar sua qualidade de vida
Nutricionista Chintia Sapucaia explica que escolhas podem interferir no funcionamento do intestino e qualidade do sono

Saiba quais são os seis alimentos que diminuem a ansiedade e o estresse
Uma boa alimentação é uma ótima aliada para uma vida saudável e equilibrada

Muitos internautas apontam que Bárbara, por possuir uma dieta muito restritiva, pode ter algum tipo de transtorno alimentar ou de imagem. Já no caso de Arthur, telespectadores apontam uma possível compulsão alimentar, visto que o brother está comendo, de forma exacerbada, alimentos que estão fora da dieta que o mesmo seguia fora da casa.

Segundo o profissional, dentro da casa do BBB, alguns participantes podem sofrer variações emocionais devido a pressão do jogo. “A situação em si pode ocasionar a perda ou aumento da fome. Em relação a ausência de apetite frequentemente devemos ficar atentos. Porém, as necessidades calóricas de cada um é feita com uma avaliação criteriosa de profissionais da área. No caso da Bárbara e do Arthur, seria importante a equipe de saúde do programa acompanhar o caso, para identificar possíveis riscos de transtornos alimentares”, diz o nutricionista.

Nutricionista André Luiz reforça que diagnóstico deve ser feito por uma equipe multidisciplinar (Cristino martins / O Liberal)

Arthur Aguiar reclama de saudade da esposa Mayra Cardi: ''Não achei que fosse sentir tão rápido'
'Estou sentindo falta dela, do cheiro, de dormir junto', desabafa o brother no BBB 22

A assessoria da participante Bárbara negou que a mesma tenha algum tipo de transtorno alimentar. Em nota, a equipe informou que a sister faz acompanhamento médico e tem boa saúde. Porém, André Luiz reforça que dietas muito restritivas podem ser prejudiciais. “O nutricionista deve adequar a alimentação conforme os objetivos do paciente, priorizando sua saúde. Dietas muito restritas tendem a ser prejudiciais. No caso do Arthur, esse quadro de comer de forma exacerbada, pode sim ser em decorrência a dietas muito restritivas, porém apenas a avaliação profissional poderá definir”, ressalta.

O nutricionista reforça que os transtornos alimentares e/ou de imagem, normalmente, vêm em conjunto com alguns sinais. “A equipe multidisciplinar irá avaliar os sinais que o paciente dá. Por exemplo, a constante busca por alimentos de baixa calorias, preocupação elevada com o peso, medidas, vestimentas. Outro fator, é a pessoa sempre comer pouco ou não comer com medo de mudanças de peso. Além desses, outros pontos também são observados pelos profissionais”, destaca.

"Deve-se evitar dietas muito restritivas, tentar balancear sua alimentação e buscar encaixar alimentos que sejam de sua preferência. Devemos sempre nos atentar a mudança do consumo alimentar e a questões características como preocupação exagerada pelo peso ou medidas e procurar sempre acompanhamento profissional”, conclui o nutricionista André Luiz.

(Bruna Ribeiro, estagiária, sob supervisão de Jorge Ferreira, coordenador do Núcleo de Atualidades)

Palavras-chave

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM