Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Parte de mangueira centenária cai e interdita trânsito no centro de Belém

O tráfego ficou confuso na área de grande fluxo, e houve transtornos para motoristas e pedestres

Redação Integrada

Por mais de duas horas o trânsito ficou interditado na avenida Assis de Vasconcelos entre a rua Osvaldo Cruz e a travessa O' de Almeida, no centro de Belém, por causa da queda de parte de uma robusta mangueira centenária, por volta das 18h15, desta quarta-feira (04). O tráfego ficou confuso na área de grande fluxo, e houve transtornos para motoristas e pedestres.

A árvore estava entrelaçada à rede de fiação telefônica e o trabalho de desobstrução da via pela equipe do tenente bombeiro, Pedro Alencar, seguiu de modo minucioso, para que tudo ocorresse sem acidentes. Uma equipe da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (SeMOB) orientava os condutores com destino à área do Ver-o-Peso para que realizassem o retorno pela Oswaldo Cruz/avenida Presidente Vargas, seguindo pela travessa Quintino Bocaiúva e avenida Visconde de Souza Franco.

(O Liberal)

Outra alternativa para quem subia a Assis de Vasconcelos e tinha como destino o bairro da Cidade Velha, por exemplo, era contornar a avenida Presidente Vargas pela Oswaldo Cruz e seguir direto até à Praça da Bandeira, passando por trás da sede da prefeitura de Belém.

A missão dos bombeiros próximo das 20h, era desobstruir a Assis de Vasconcelos, cujo trecho citado tinha um grande tronco da mangueira e muitos galhos. "Inicialmente, a gente achava que ela estava entrelaçada à rede elétrica, mas era à rede de telefonia. Era uma árvore de médio porte, mas robusta'', disse o tenente bombeiro, Pedro Alencar, liderando um efetivo de cinco bombeiros com suporte de uma viatura de salvamento.

"A gente entende a dificuldade do trânsito, mas precisamos agir com cautela. Estamos concluindo o corte da árvore. Ela não caiu por inteiro, e, a princípio, a parte que ficou está saudável, a que caiu estava bem ressecada. Foi difícil chegarmos embora tenhamos vindo o mais rápido possível. Era o horário de saída do trabalho. Havia ônibus subindo as calçadas, bem complicado. Mas, contornamos e estimo que em meia-hora o tráfego estará liberado'', afirmou o tenente Pedro Alencar, perto das 20h30.

Palavras-chave

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM