Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Padre Cláudio Pighin: “Sem a Páscoa, nós não seríamos nada!” 

Entrevistado enfoca significados na história da "festa das festas"

O Liberal

Para  identificar significados e contar muito da trajetória da Humanidade, no sentido religioso, filosófico e das relações entre os povos, o Grupo Liberal conversou sobre o assunto com o padre Cláudio Pighin, da Arquidiocese de Belém. Na entrevista, ele aborda os significados daquela que considera “a festa das festas” e chama atenção para a relação entre o Natal (nascimento de Jesus Cristo) e a Páscoa (Jesus vence a morte).  Confira, a seguir, a entrevista concedida pelo padre. 

 

Padre Cláudio Pighin, o que significa a Páscoa?

“E sempre muito bom nós refletirmos sobre a Páscoa, que é a festa das festas. Sem a Páscoa, nós não seríamos nada. Essa palavra (Páscoa) nós devemos aos nossos irmãos maiores, que são os judeus, que vêm por meio da experiência do povo de Israel quando fez a Passagem do Mar Vermelho  e se libertou da escravidão do Egito. Essa passagem, essa libertação eles querem sempre lembrar, todos os anos, porque se eu hoje vivo a minha libertação é mérito daquela libertação lá, que aconteceu no tempo da escravidão no Egito. Nós, cristãos, nos fundamentamos justamente a partir dessa lógica dos nossos irmãos maiores judeus. Como eles estão vivendo todos os anos a libertação, se nós somos livres, tem que lembrar aquele evento. Nós queremos também, visto que Cristo é a Páscoa definitiva, porque a Páscoa dos judeus foi uma Páscoa provisória, temporária, porque foram escravizados por outros povos depois. Eis aí que chega Jesus e faz uma Páscoa definitiva, uma libertação definitiva. Qual era? Da morte, porque ninguém conseguiu vencer, derrubar a morte. 


A gente vive a Páscoa Cristã, e ela de vez em quando varia, não tem uma data exata como o 24 e 25 de dezembro, que é o Natal. Por que é que acontece isso?

A Páscoa é a única data que temos, com certeza, ligada com a natureza. Por quê? Quando aconteceu esse evento da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus? Logo depois da primeira Lua Cheia de Primavera de lá, da Palestina. Atenção, estamos do outro lado do Equador, e, portanto,  não é o nosso tempo daqui, não é a mesma estação de lá. Então, se baseia sempre na primeira Lua Cheia da Primavera, que varia entre março e abril, mais ou menos, por isso dizem Páscoa Alta, Baixa; é de acordo com a Lua. 

 

O que significa o nome Quaresma?

A Páscoa é composta de um Tríduo Pascal que vai da Quinta-Feira Santa, Sexta-Feira Santa, Sábado Santo, a partir da data primeira, quer dizer da Quarta-Feira vai conferindo 40 dias para trás, Quando terminam os 40 dias aí começa a Quarta-Feira de Cinzas.  Muitas vezes me perguntam se Jesus ficou (morto na gruta) por três. De fato, são três dias, sexta, sábado e domingo. Por que não foram ver no sábado? Porque no sábado era proibido fazer trabalhos (cultura judaica). Esperaram, portanto, pela madrugada de domingo. Por que o nome domingo? Porque foi colocado pela tradição cristã como Dia do Senhor, vem do latim, porque se descobriu que Jesus não é mais morto, é vivo. O Natal é importante porque Jesus nasceu, mas sem a Páscoa nós não seríamos nada”. 

 

Qual a mensagem do Vaticano para a Páscoa neste ano?

O santo padre, papa Francisco, vai insistir sobre a paz, sobretudo, por causa dessa guerra, da pandemia. Celebrar a Páscoa este ano teria grande sentido se realmente se acabasse essa guerra, com essas loucuras do ser humano. As pessoas devem refletir sobre a Páscoa. Para ti, o que é Páscoa? Tu acreditas realmente que Jesus está vivo? Ele que se mostrou tão humilde, simples, abandonado, tu acreditas que ele é o  nosso Deus? Eu te digo: ele é o nosso Deus. Eu estou louco por ele? Eu me entrego a ele, entende? Tem de você também.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM