Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

'Operação Impacto' tem três presos, nove veículos apreendidos e 20 autos de infração

Propósito é manter controle sobre focos de criminalidade

Eduardo Rocha

Para intensificar o combate à criminalidade na Região Metropolitana de Belém, a "Operação Impacto", coordenada pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup) e iniciada na sexta-feira (14), apresentou em 24h (entre sexta-feira (13) e sábado (14), como resultados: 200 abordagens feitas, 9 veículos apreendidos, 20 autos de infração e três pessoas presas.

A “Operação Impacto” segue com ações integradas envolvendo outras iniciativas, como: "Duas Rodas", "Tolerância Zero", "Parador 27".  Ainda na sexta-feira, também foi deflagrada a Operação "Super Overlord", coordenada pela Polícia Militar, que mobilizou 1.383 viaturas - sendo 962 carros e 421 motos em locais identificados previamente pelo comando de policiamento da área. 

Ainda no começo da tarde deste domingo (15), a Segup divulgou que em 24 horas de operações ostensivas foram realizadas mais de 200 abordagens, 9 veículos apreendidos e 20 autos de infração. Ainda na noite de sexta-feira, dois homens envolvidos no latrocínio contra um militar da Aeronáutica, bem como na tomada de reféns em um ônibus foram presos, autuados em flagrante e estão à disposição do Poder Judiciário. 

Foi preso também um dos envolvidos na tentativa de homicídio contra um subtenente da reserva da Polícia Militar, ocorrido no bairro do Tapanã, na sexta-feira (13). Todos os fatos ocorridos estão sendo investigados pela Polícia Civil através da Divisão de Homicídios (DH).

Mobilização

Atuam nas operações agentes das Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Departamento de Trânsito do Estado, Guardas Municipais da Região Metropolitana, e de órgãos municipais de trânsito, mobilizados diuturnamente nas atividades de segurança pública.

“Esse é mais um incremento nas ações de segurança desenvolvidas pelo Estado, por meio da Secretaria de Segurança Pública, para que possamos combater a criminalidade. Importante frisar que estamos nesses últimos três anos com redução na criminalidade e quando apresentamos um indicativo de anormalidade é necessário que façamos um aporte na segurança para que a população possa se sentir mais segura. Não queremos voltar mais a realidade de anos atrás, quando não havia um controle nesse enfrentamento”, ressaltou o chefe do Departamento Geral de Operações da Policia Militar, coronel Pedro Paulo dos Santos 

O chefe de Operações da Policia Militar destacou também a resolutividade dos crimes e a atuação das polícias para a elucidações dos crimes. “Nosso poder de resolução também está sendo bem eficaz, pois após a fatalidade ocorrida ontem, já conseguimos autuar em flagrante com o responsável ao atentado contra o policial militar, assim como o que atentou contra a vida do subtenente da reserva. Isso mostra que nosso efetivo nas ruas está agindo de maneira ostensiva na busca e captura dos criminosos, assim como na prevenção de novos crimes”, pontuou o coronel Pedro Santos.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM