Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

O Liberal na Escola recebe alunos do 8ª ano da Escola Estadual Profª Anésia

Ao longo do ano, o Programa deverá receberr a visita de 15 mil alunos

Emanuele Corrêa

O Programa O Liberal na Escola apresentou, nesta segunda-feira (23), trouxe à sede do Grupo Liberal os alunos do 8º ano do ensino fundamental da Escola Estadual Professora Anésia. Os estudantes participaram de uma atividade dirigida na "aula-passeio", que contou com um bate-papo conduzido pelo jornalista Lázaro Magalhães, da chefia de produção de conteúdo de O Liberal, e também trocaram ideias com o fotojornalista Thiago Gomes e com o diretor de conteúdo de O Liberal, Daniel Nardin.

A atividade foi orientada pela professora de língua portuguesa Márcia Cavalcante, que preparou um roteiro de entrevista para a visitação. Ela explicou que, além desta tarefa, os alunos formaram dois grupos para a cobertura da festa junina da escola, que acontece no próximo dia 11 de junho. "Estou trabalhando com eles a temática da reportagem. Então, vimos a oportunidade de trazê-los e apresentar na prática esse trabalho. Eles vão fazer uma matéria sobre a festa junina. Um grupo fará uma reportagem dos preparativos e o outro fará a cobertura no dia do evento. Assim podemos trabalhar o uso da língua portuguesa. A funcionalidade do ensino é justamente apresentá-los à prática", explicou a professora.

Lázaro Magalhães afirma que, apesar de a redação integrada de O Liberal ser dinâmica, sempre é possível adaptar a rotina para receber o projeto que, para ele, reforça a função do jornalismo e abre possibilidades aos alunos, além de formar cidadãos leitores.

"Tudo depende de como o professor irá linkar a atividade escolar com a redação. Essa especificamente tinha um roteiro... A redação está sempre correndo e olhando para fora. Mas o legal é que a gente sempre acha uma maneira de atender. Cada visita faz a gente lembrar tudo o que aprendemos, do motivo de escolhermos essa profissão. Essas perguntas vêm na ponta da língua dos alunos. Para mim é renovador sempre", comentou.

Em conversa com os estudantes, o diretor de conteúdo de O Liberal, Daniel Nardin, relembrou que um dia esteve do outro lado e também participou de uma visita à redação de O Liberal quando ainda estudava. A atividade foi uma preparação para a implantação do jornal da escola à época. "Em 1998 visitei a redação pelo colégio Olimpus, também estávamos na 8° série. Fizemos o jornalzinho da escola. Hoje vocês estão nos visitando aqui, mas, quem sabe não se empolgam e seguem na profissão e, no futuro, serão nossos colegas" disse.

Programa O Liberal na Escola, visita dos alunos da Escola E. de Ensino Fundamental Profª Anésia (Igor Mota / O Liberal)

Alfabetização a partir dos textos de O Liberal

A professora Márcia Cavalcante destaca a oportunidade de fazer parte do Programa O Liberal na Escola, mas revela que desde antes utilizava as edições do O Liberal impresso, com suas turmas. Relembrou que fez a alfabetização de uma turma inteira, na década de 90, usando os jornais. Agora o objetivo é trabalhar com a turma da 8ª série a construção do gênero reportagem, a partir das edições atuais.

"Trazê-los à sede vai motivá-los escrever e ter o gosto pela escrita e leitura, pois estão vendo a aplicabilidade da língua portuguesa. A função do ensino é aproximar o uso da língua na vivência deles e incentivar o gosto por esse componente curricular, que é a língua portuguesa. A partir dessa visita, eles poderão estimular outros alunos também", destacou.

Márcia comenta que as aulas que propõe são dinâmicas e inclusivas, porque cada aluno tem uma particularidade. Por isso, busca integrá-los, levando em consideração suas demandas específicas e, apesar das diferenças, mostrar que todos podem executar a mesma tarefa, como a planejada na visita ao grupo O Liberal.

"As minhas aulas precisam sair da sala. Estamos formando cidadãos. Quando damos a oportunidade de refletirem sobre o que estão aprendendo, eles analisam e entendem por qual razão estão produzindo... Temos uma aluna com déficit intelectual. Temos uma folha específica e mais detalhada para trabalhar as suas habilidades, com as mesmas perguntas feitas aos alunos", pontuou.

Programa O Liberal na Escola, visita dos alunos da Escola E. de Ensino Fundamental Profª Anésia

Alunos recebem orientação sobre texto e fotojornalismo

Os alunos visitaram as dependências do jornal e conheceram o conceito da redação integrada na prática e, também, o moderno parque gráfico do Grupo Liberal. Lázaro Magalhães destacou o trabalho desempenhado pela redação integrada e apresentou o conceito de SEO - Search Engine Optimization, técnica que melhora o posicionamento dos textos no mecanismo de busca, para que o leitor o encontre com facilidade - que O Liberal utiliza em suas matérias.

"Temos especialistas em SEO, que fazem títulos específicos para a internet. Se eu não colocar no título claramente o nome do assunto, usar o verbo de maior valor na internet sobre o assunto, o leitor encontrará dificuldades de acessar o conteúdo. Cada vez mais o título se torna importante. Os nossos textos estão no impresso e no digital. A partir do QR Code no impresso, o leitor é levado à matéria no site, à realidade aumentada", argumentou.

O fotojornalista Thiago Gomes falou sobre sobre a dinâmica da equipe de fotografia e audiovisual de O Liberal. Explicou também sobre os tipos de equipamentos utilizados pela equipe, além de algumas técnicas para a utilização da câmera. "Hoje os celulares têm bastante opções de fotografia, desde a grande angular - que é quando faz um plano mais aberto - até a lente micro. Apresentei a nossa dinâmica, expliquei sobre câmera, configuração, posicionamento e ângulos e a questão da luz. Indiquei o uso do celular, já que eles vão fazer uma cobertura na escola, concluiu.

Juliana Fernandes, 14 anos, 8° ano do ensino fundamental ao final da visita disse que gostou do que aprendeu e que irá colocar em prática na atividade de cobertura da festa junina escolar. Para ela, as dicas de construção de texto e de fotografia auxiliarão na equipe integra.

"Estou no grupo do dia da festa. Vamos fotografar e entrevistar os participantes. Agora eu já sei como devo fazer na entrevista: vou perguntar primeiro nome, sobrenome, a função dela, o que está achando. Também como foi organizado o evento e sobre a dança. Eu pude ter mais ideias a partir desse passeio. As dicas de entrevista, texto, fotorreportagem foram muito legais e importantes", finalizou.

O Liberal na Escola

O programa O Liberal na Escola conta com a participação de 82 escolas da grande Belém. Com o objetivo de formar cidadãos leitores, ao longo do ano o projeto receberá 15 mil alunos de diversas idades e séries para desenvolverem ações de formação continuada, palestras e atividades extraclasses, não só nas dependências da TV, rádio e jornal do Grupo Liberal, mas em outros espaços da cidade, a exemplo dos museus Emílio Goeldi, do Forte do Presépio, Casa das onze janelas, Museu Histórico do Estado do Pará, Museu de Artes Sacras, Museu do Círio e Museu de Gemas do Pará.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM