Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Namorado enforca mulher na frente dos filhos em Anapu

Crime revoltou população, tanto que o acusado teve de ser transferido da cidade

O Liberal

O assassinato de uma mãe na frente dos filhos por iniciativa do namorado, sábado (25) último, em Vila do 10, perto de Belo Monte do Pontal, comunidade rural do Município de Anapu, no sudoeste do Pará, ainda revolta os habitantes da região. A jovem Joseane do Nascimento Vieira, de 23 anos de idade, foi agredida e enforcada pelo companheiro Ricardo Campos da Silva, 26 anos, que confessou o crime.

O casal tinha um relacionamento conturbado e, após seis meses, ela quis terminar a relação.  Na sexta-feira (24), o casal se desentendeu em uma festa. Joseane decidiu, então, voltar sozinha para casa. Momentos depois, Ricardo foi visto deixando a festa e também saindo, pela manhã, do imóvel da mulher. O crime causou comoção entre os moradores, e o acusado, que já confessou o crime, teve de ser transferido para a cadeia do Município de Altamira.

Como disse uma amiga da vítima, sem ser identificada por segurança, "ele trancou o portão e foi embora; foi quando a gente ouviu os gritos das crianças e, quando a gente foi ver, a pobrezinha estava sem roupa com o lençol enrolado no pescoço".  O cenário indicou que a mulher havia sido enforcada com um lençol. A vítima estava sem roupa e no chão. Joseane tinha sido casada com um homem com quem teve três filhos, e, após se separa do ex-marido, passou a namorar com Ricardo.

Moradores passaram, então, a consolar as crianças, enquanto a Polícia Militar era acionada para comparecer ao local do crime. Os policiais iniciaram, então, as buscas pelo acusado.  

Ricardo Campos foi cercado e detido pelos policiais em uma comunidade rural, tentando fugir, por volta das 13 horas. O homem foi preso e, em seguida, levado para apresentação na Delegacia de Polícia de Anapu. Na unidade policial, o acusado foi ouvido pelo delegado Lindoval Borges. O corpo de Joseane foi encaminhado do local do crime para exames a cargo da Polícia Científica. 

Transferido

Ricardo Campos foi transferido de Anapu para a Superintendência de Polícia Civil em Altamira na noite de sábado (25), em operação efetuada pela Polícia Civil de Anapu, dada a indignação provocada pela morte de Joseane na população. Ele estava algemado, com um colete à prova de balas, e não quis falar com a Imprensa. 

A Polícia repassou que o Ricardo confessou ter morto Joseane pelo motivo de não aceitar o fim do relacionamento. "Ele disse que ela se enrolou com lençol, mas, na verdade, ele enforcou a mulher dele. Para a Polícia, foi feminicídio", destacou o delegado Lindoval Borges, que preside o inquérito sobre o caso. (com informações de confirmanoticia.com.br)

 

 

 

Palavras-chave

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM