Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Motoristas devem redobrar os cuidados contra a covid-19

Condutores estão entre os grupos mais expostos à contaminação pelo fato de circularem diariamente nas ruas e terem um contato direto com o público

Redação Integrada

Não é difícil constatar que o cumprimento das medidas preventivas à covid-19 ainda não é uma prioridade para muitas pessoas. Muitas delas integram os grupos que estão mais expostos à contaminação pelo fato de circularem diariamente nas ruas e terem um contato mais próximo e permanente com o público. Um deles é o dos condutores de passageiros, sejam os motoristas do transporte coletivo ou de aplicativos. Na esteira da desinformação ou do desinteresse do cidadão pelo o que é verídico ou não sobre o assunto, ainda surgem as fake news para tumultuar o que, dizem alguns, já é bem confuso. 

Nesta quarta-feira (12 ), mais uma dessas notícias infundadas lançada nas redes sociais ganhou notoriedade: a de que agentes do Departamento de Trânsito do Estado (Detran) e policiais militares estariam orientados a multar a partir desta quarta-feira, 12, passageiros e motoristas que estivessem em veículos sem a utilização de máscaras. A mensagem, que reproduzia inclusive a logomarca dos dois órgãos, alertava que os condutores e passageiros flagrados sem o acessório poderiam pagar multa de R$ 128.

A atuação dos agentes de fiscalização do Detran quanto às medidas de prevenção à covid-19 não incluem multas de condutores de veículos particulares pela ausência da máscara de proteção (Thiago Gomes / O Liberal)

Consultado, o Detran esclareceu que a atuação dos agentes de fiscalização do órgão quanto às medidas de prevenção à proliferação da covid-19 se deu apenas durante a vigência do decreto de lockdown, com operações montadas, à época, para bloqueio de vias. Atualmente, segundo o órgão, não há nenhuma atuação específica dos agentes de trânsito neste sentido. E que, na dúvida, a população pode acompanhar as redes sociais oficiais do Detran para ficar a par das ações desenvolvidas. No entanto, vale lembrar que, por decreto estadual, o uso de máscara em vias públicas e dentro de ambientes fechados continua sendo obrigatório.

Na rotina de Manoel Bastos, 59 anos, motorista de ônibus, a máscara é artigo indispensável. "Só tiro na hora de fazer as refeições e de beber água" (Thiago Gomes / O Liberal)

Cotidiano

Para Manoel Bastos, 59 anos, motorista de ônibus, a pandemia tem sido um período muito difícil. "Eu tenho que trabalhar de máscara porque a gente tem que se prevenir, e também exigir do passageiro porque é lei”, diz. O acessório só é retirado na hora de fazer as refeições e se hidratar durante as corridas.

Manoel também não dispensa o álcool em gel. A cada viagem, a empresa providencia a higienização dos ônibus. “O gócio é confiar em Deus e pedir que Ele nos dê livramento dessa doença, que é séria, mata mesmo”, declara. Sobre o uso de máscaras, ele conta que muitos passageiros simplesmente esquecem e usar e que tem por obrigação informar as pessoas que não podem entrar no ônibus sem isso. “Tem uns que são educados, descem e vão buscar a máscara; mas tem outros que querem discutir com a gente”, conta.

Apesar de não ser mais cobrado dos condutores, o uso de máscara em vias públicas e dentro de ambientes fechados continua sendo obrigatório. (Thiago Gomes / O Liberal)

Fiscalização

Sobre as medidas preventivas para condutores de veículos e usuários do sistema de transporte coletivo urbano, a  Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (SeMOB) informa que está previsto em decreto municipal o uso obrigatório de máscara nos coletivos, a instrução para que os ônibus trafeguem sempre que possível com as janelas abertas e com, no máximo, 8 passageiros em pé.
  
As fiscalizações são feitas nos principais corredores da cidade, onde há grande movimentação de usuários. Ao todo, a SeMOB já emitiu cerca de 200 autuações às empresas que descumprem o decreto.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM