Motoristas de aplicativo farão protestos nesta segunda-feira (11)

Condutores de Belém tentarão derrubar o Decreto da Prefeitura que regulamenta atividade

Redação Integrada

Um grupo de motoristas de aplicativo de mobilidade urbana da Região Metropolitana de Belém (RMB) fará uma grande mobilização, na manhã de hoje (11), pelas ruas da capital paraense.

A manifestação tem por objetivo sensibilizar a Prefeitura de Belém acerca do Decreto Nº 93.022/2019, publicado no Diário Oficial do Município na última sexta-feira (8) que estabelece, entre outras coisas, que apenas carros fabricados a partir do ano de 2013 possam entrar nas plataformas de mobilidade urbana e se estiverem em nome dos motoristas cadastrados.

LEIA MAIS: Prefeitura inicia cadastro do sistema de transporte por aplicativo

A concentração dos condutores será no entorno do Ginásio Poliesportivo Guilherme Paraense, o Mangueirinho, localizado na avenida Augusto Montenegro. Segundo a expectativa dos realizadores mais de mil carros devem participar do ato. 

Conforme aponta um dos coordenadores da manifestação, o motorista de aplicativo Ivan Ribeiro, a mobilização será a partir das 7h.

"Do ginásio, partiremos em carreata, a partir das 8h, em direção à Semob (Superintendência de Mobilidade Urbana de Belém). No primeiro momento, avaliamos que não há necessidade de interditar ruas. Muito pelo contrário, queremos que a sociedade esteja do nosso lado, já que a decisão do Prefeito, que aceitou a pressão de um grupo de taxistas, prejudica toda a população. Quanto menor for o número de veículos disponíveis pelos aplicativos, mais caro e escasso será o serviço oferecido pelas plataformas", explica. 

Belém