Alimentação saudável é importante aliada na prevenção contra o câncer de mama; vídeo

Além de evitar a doença, auxilia, ainda, durante o processo curativo da enfermidade que mais afeta mulheres no mundo inteiro

Camila Azevedo e Gabriel Pires

Além de contribuir para uma maior qualidade de vida, a alimentação saudável é uma importante aliada na luta para combater e tratar o câncer de mama, sendo a doença que mais acomete mulheres no mundo todo. Ainda que não haja um único alimento capaz de reduzir essas chances, as opções ricas em fibras, vitaminas e minerais fazem parte das escolhas que devem ser adotadas no dia a dia com o propósito de manter um ritmo salutar. Além disso, vale reforçar a questão na rotina de tratamento.

Especialistas apontam que evitar o consumo exagerado de alimentos industrializados, com altas taxas de conservantes, adoçantes, açúcar e outros, podem aumentar os riscos da doença. Como o câncer de mama é multifatorial, ou seja, causado por diversos motivos, tendo fatores genéticos e etários envolvidos, hábitos que possam trazer uma vida mais saudável seguem sendo indicados, dentre eles, a prática de atividades físicas em união a uma ingestão de nutrientes adequados. 

Evitar o tabagismo e o alcoolismo é aconselhável. Durante o tratamento, também, é necessário manter constância na base alimentar e evitar excessos que sejam prejudiciais. O nutricionista oncológico Leandro Leal explica que a alimentação é responsável por, no mínimo, 50% das intervenções médicas. “Os pacientes oncológicos contam com algum sintoma de impacto nutricional. Quando falamos disso, pensamos logo na quimioterapia e na radioterapia, que podem causar náuseas, vômitos”, diz.

Desnutrição, aumento da quantidade de gordura e outras doenças associadas ao tratamento são rastreadas pelos profissionais, a fim de garantir mais saúde. “Então, a gente tem que pensar nisso, no manejo desses sintomas quanto a prevenção de alguma alteração no estado nutricional do paciente. Relacionado ao câncer de mama, temos alguns alimentos que, sim, ajudam no tratamento. A gente utiliza alguns que possam ajudar, os riscos em vitamina D, alimentos integrais, linhaça, grãos, arroz negro”, pontua Leandro.

Melhorar a imunidade é um dos focos dos especialistas. “Frutas e vegetais vão fornecer vitaminas que podem melhorar a imunidade. A aveia ajuda na produção de antioxidantes. A utilização de brócolis ajuda na questão hormonal, reduz os níveis de estrogênio [hormônio feminino] e consegue auxiliar no tratamento. Temos que orientar a redução do consumo de quantidades mais altas de açúcar, ultraprocessados, frituras… Nossa principal meta é que eles reduzam esse consumo e utilizem alimentos que vão ajudar no tratamento”, afirma.

Alimentação é preocupação de quem faz tratamento contra o câncer de mama

Diagnosticada em 2022 com câncer de mama, a pedagoga Helen Calumby, de 46 anos, descobriu a doença durante um ‘check-up’ que decidiu fazer após os dois anos mais críticos da pandemia da covid-19. “A medida adotada pelo cirurgião foi fazer a cirurgia de quadrante. Eu tirei 30% de cada mama e, posteriormente, depois da biópsia da peça toda, nós iríamos saber qual o tipo de câncer. Hoje, eu estou em tratamento curativo, vou fazer 17 quimioterapias e já estou na quinta”, conta.

image Desde quando começou a tratar a doença, a alimentação regrada tem sido uma das prioridades da Helen (Igor Mota / O Liberal)

Desde quando começou a tratar a doença, a alimentação regrada tem sido uma das prioridades da Helen. “Isso era para que eu mantivesse uma qualidade de vida e não sentisse tanto os efeitos colaterais, reduzindo as chances de as células cancerígenas se proliferarem no meu corpo novamente. A minha base alimentar é toda relacionada a proteínas, até porque eu tenho dois meses de cirurgia, então, elas ajudam no processo de cicatrização”, destaca a pedagoga.

O acompanhamento nutricional é voltado para repor substâncias que estejam em falta e auxiliar nos sintomas que a quantidade de medicamentos causam. “Minha base alimentar é relacionada a frutas, hortaliças, oleaginosas, proteínas. Tomo suplemento de ácido graxo, que ajudam na quimio. Tomo arginina, ômega 3 e já entendi que esse processo de alimentação saudável é importante no poder curativo da doença”, lista Helen.

Ainda nos dias mais difíceis , quando a pedagoga não tem apetite ou sente dificuldades no paladar, a motivação não fica de lado. “Mesmo assim, eu procuro os alimentos que vão me auxiliar nesse processo. Tenho uma equipe de multiprofissionais para que eu possa manter uma qualidade de vida”, finaliza. 

Alimentação saudável previne a doença e ajuda no tratamento

A nutricionista e especialista em oncologia Mahyá Martins explica que ter uma dieta balanceada e saudável é essencial para fortalecer o organismo, tanto para quem está realizando tratamento, quanto para quem deseja prevenir a doença. Uma dieta adequada para pacientes oncológicos contribui para restabelecer a saúde e repor as energias gastas durante as sessões de quimioterapia ou radioterapia.

“Uma alta ingestão de gorduras, em especial as frituras e gorduras saturadas, e alimentos industrializados, contribuem para o estado inflamatório do corpo, diminuindo a imunidade que podem causar danos às células, provocando ou acelerando o surgimento da doença. Por isso, é importante seguir uma alimentação rica em fibras, cereais integrais, frutas e vegetais, pois o consumo adequado desses alimentos fornece boas concentrações de antioxidantes naturais, os quais podem promover a prevenção ou recidiva da doença e favorecer a saúde pós-tratamento do câncer de mama”, detalhou Mahyá.

“Durante o tratamento, o organismo gasta mais energia para combater a doença, aumentando assim o seu metabolismo, podendo levar à perda de apetite, desnutrição, além de potencializar os sintomas como náuseas e enjoos, podendo comprometer o tratamento oncológico”, frisou. 

Alimentos recomendados

Riscos em vitamina D → os mais alaranjados
Carne, peixes, ovo, fígado e, inclusive, cogumelos
Alimentos integrais → linhaça, aveia, arroz negro, xia

Alimentos não recomendados

Industrializados que contenham alto teor de gorduras trans
Açúcar
Alimentos que tenham uma porcentagem menor de conservantes e corantes

 

Alimentos que ajudam a prevenir o câncer de mama

- Brócolis:  contém sulforafano, um excelente antioxidante que tem propriedades anticancerígenas;

- Canela: ajuda a aliviar inflamações, além de bloquear a disseminação e crescimento de células cancerígenas;

- Azeite de oliva: estudos revelaram que os indivíduos que consumiram mais do óleo reduziram o risco de desenvolver o câncer de mama;

- Linhaça dourada: segundo estudos, promove morte das células cancerígenas;

- Cenoura: Uma pesquisa feita pela Harvard School of Public Health, nos Estados Unidos, com mulheres na pré menopausa, constatou que consumir duas porções do vegetal todos os dias diminui o risco de desenvolver a doença em até 17%, devido à presença do antioxidante betacaroteno, presente neste alimento, que impede a formação de radicais livres.

- Uva: ricas em flavonóides, substâncias que ajudam a retardar o crescimento de células cancerígenas no organismo.

*Fonte: Marcella Tamiozzo (nutricionista)

Serviço

Como conseguir atendimento médico na rede pública de Belém
A porta de entrada são as Estratégias saúde da família( ESF) e Unidades básicas de saúde (UMS).

Consulta com enfermeiro ou médico; solicitação via sistema (sisreg) realização do exame, resultado é retorno a ESF ou UMS, caso alteração, encaminha-se para Casa da Mulher para exames complementares e encaminhamento para o hospital de referência no município. O município possui 5 prestadores de exame de mamografia, deste 5 , 1 é municipal que é a Ure saúde da mulher.

Como conseguir atendimento médico na rede pública do Pará
Para fazer o exame de prevenção ao câncer de mama no Pará, a mulher deve primeiramente procurar a Unidade de Saúde mais próxima de casa para que possa ser encaminhada, caso haja real necessidade, para um dos 27 serviços de referência em diagnóstico e tratamento de câncer de mama mantidos pelo SUS e/ou conveniados, distribuídos em 12 regiões de Saúde.

Palavras-chave

Belém
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM