Jornalistas do Grupo Liberal recebem Prêmio Sebrae de Jornalismo 2022

Os vencedores vão para a etapa regional e, se avançarem, disputarão a fase nacional em dezembro em Brasília (DF)     

Valéria Nascimento

Profissionais do Grupo Liberal foram vencedores em duas categorias - impresso e vídeo - do Prêmio Sebrae de Jornalismo 2022, entregue em cerimônia realizada na noite desta quarta-feira (28). O jornal impresso foi indicado pela matéria 'Gastronomia que surpreende e se renova', assinada pelos repórteres Elisa Vaz e Tarso Sarraf, em atuação integrada que contou com o apoio dos jornalistas João Ramos, Renato Tavares, Camila Moreira, Daniel Nardin, Lorena Filgueiras, Lázaro Magalhães, Felipe Melo e Cary John; todos também premiados com o 1º lugar por este trabalho.

A noite de premiação teve como mestre de cerimônia a jornalista Célia Pinho, e entre as atrações, a presença do jornalista, sociólogo, escritor e roteirista brasileiro Francisco Dias Felitti, mais conhecido como Chico Felitti. Ele é o autor do podcast 'A mulher da casa abandonada" que conta a história de Margarida Bonetti, e participou de um bate-papo descontraído com o público.

A edição 2022 do Prêmio Sebrae também reconheceu o êxito do caderno especial Liberal Amazon, que chega à terceira reportagem premiada em um ano de circulação: a primeira foi o prêmio Vladimir Herzog, e a segunda, o Prêmio Simineral. 

A TV Liberal, por sua vez, conquistou o 1º lugar com a reportagem "Uma ideia transformadora: as histórias de MEis que mudaram a vida ao seu redor", produzida pela repórter Fábia Sepêda Brabo e pelo cinegrafista Wanderley Prestes.

O evento prestou homenagem póstuma ao jornalista da Rádio Liberal FM, Celso Freire, que morreu aos 52 anos no dia 24 de agosto passado, vítima de câncer. "Celso ganhou todas as etapas do Prêmio Sebrae na categoria áudio até o ano passado, quando, inclusive, foi para a disputa nacional. Era alegre, brincalhão, um amigo e grande profissional", relembrou a jornalista Jecyone Pinheiro, da área de Comunicação Empresarial do Sebrae. 

O irmão mais velho de Celso, Cláudio Freire, destacou que o jornalista, que era carioca, dedicou-se integralmente ao trabalho jornalístico em Belém e agradeceu por todas as oportunidades dadas ao irmão. "Ele trabalhou por 22 anos no Grupo Liberal, mas virou referência para profissionais de outros veículos também. Viveu fazendo o que mais gostava. Obrigado a todos por esse reconhecimento".

"Eu recebo este prêmio feliz, sou repórter do setor de economia e a gente lida com o Sebrae o tempo todo e sabe o quanto o empreendedorismo é importante para nossa região", afirmou a repórter Elisa Vaz. Ela recordou da viagem que fez a Santarém, no oeste do Pará, para executar a reportagem com foco na gastronomia regional no distrito de Alter do Chão.

Elisa Vaz observou que "a gastronomia é um setor forte na nossa economia e representa a cultura do Pará, então receber um prêmio com uma matéria como esta, que representa a nossa região, é importante para mim", afirmou a jornalista. Na execução da reportagem, a equipe visitou desde uma ribeirinha que faz batata-frita, pizza e até brownie a partir da vitória-régia (plnta aquática típica da região amazônica), e foi, ainda, até a Casa Saulo, que tem visibilidade país afora.

A diretora-superintendente do Sebrae em exercício, Cássia Costa, informou que um total de 53 trabalhos foram inscritos no Prêmio, o maior número de inscrições da Região Norte. "A gente só tem a agradecer. Os jornalistas são nossos parceiros, porque é um elo, o nosso trabalho não seria nada se não tivéssemos a divulgação que vocês, que contam as histórias de sucesso do empreendedorismo", disse ela.

Cássia Costa acrescentou que o foco da premiação foi a retomada das atividades econômicas após a fase crítica da pandemia. O diretor técnico do Sebrae, Fabrízio Guaglianone, destacou o papel da imprensa para o trabalho da entidade. "A gente tem um sentimento muito nobre do que realiza para a vida das pessoas através do apoio às micro e pequenas empresas. Vocês mostram esse dia-a-dia e aqui temos uma imprensa de alto nível no Estado", assinalou o diretor Guaglianone.

Além do 1º lugar na categoria vídeo, a TV Liberal faturou o 2º e 3º lugares com as reportagens "Capacitação do Sebrae ajuda na criação de pequenas empresas no Pará", feita por Gustavo Ferreira com o apoio de André Mozinho, Júlio Baltazar, Edenilton Marques e Áurea Garcia; e "Paraense produz chocolate de alto padrão com sementes de cacau nativo", produzida por Lucas Duarte Matos e conduzida pela repórter Jalília Messias e pelo cinegrafista Moisés Nascimento.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM