CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X

Instituto Evandro Chagas, em Ananindeua, ganha prédio para ampliar diagnóstico de hepatites virais

A inauguração será feita nesta terça-feira (9), pela ministra da Saúde, Nísia Trindade

O Liberal
fonte

O Instituto Evandro Chagas (IEC) irá inaugurar o novo prédio da Seção de Hepatologia (SEHEP), no campus de Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém. A cerimônia será nesta terça-feira (9/07), com a presença da Ministra de Estado da Saúde, Nísia Trindade, e da Secretária de Vigilância em Saúde e Ambiente, Ethel Maciel. No local será possível promover o avanço das pesquisas na área da Hepatologia, contribuir para a expansão da capacidade laboratorial e o atendimento das necessidades estratégicas relacionadas às hepatites. O descerramento da placa acontecerá no auditório da Seção.

O novo prédio da SEHEP possui o investimento de R$ 7,9 milhões. A entrega das novas instalações contribui para o aumento da quantidade e qualidade das pesquisas em relação às doenças determinadas socialmente, a exemplo das Hepatites Virais. Com isso, o IEC:

- Amplia o diagnóstico para hepatites viriais e atendimento de populações da região Amazônica brasileira, entre elas as comunidades indígenas, quilombolas (Acará, Ananindeua, Cachoeira do Piriá, Mocajuba e Salvaterra) e ribeirinhas (Mocajuba e Melgaço e Boca do Acre (Amazonas);

- Atua no desenvolvimento de novos protocolos para diagnóstico e prognóstico de doenças relacionadas ao fígado e insumos para diagnósticos;

- Aumenta a capacidade de estudos de novos biomarcadores para prognóstico a fim de antever o hepatocarcinoma;

- Trabalha na pesquisa de novos biofármacos para doenças infecciosas e parasitárias;

- Atende a novos projetos com a ampliação de parcerias com outras instituições para oferecimento de serviços relacionados à microscopia eletrônica;

- Todos esses incrementos compõem as soluções e estratégias para o atendimento da população por meio do SUS.

Segundo a chefe substituta da SEHEP, Vânia Sarmento, com a nova estrutura, o Instituto Evandro Chagas pode atuar efetivamente no diagnóstico molecular de pelo menos 3.000 amostras/mês. Hoje o IEC atua como apoio ao diagnóstico laboratorial de pelo menos 7 estados da Amazônia brasileira e de todos os estados do nordeste.

Após a cerimônia de inauguração, a Ministra Nísia Trindade concederá uma entrevista coletiva para a imprensa, a partir das 15h.

Três décadas de estudos sobre Hepatites

O evento de inauguração também coincide com a data de celebração dos 30 anos de atuação da Seção de Hepatologia do IEC, a qual, desde sua criação, é referência laboratorial em hepatites virais para a Região Amazônica e parte da Região Nordeste. Além disso, coincide com centenário de nascimento da pesquisadora Gilberta Bensabath, condutora de estudos que mudaram o curso da ciência sobre as hepatites virais. O trabalho da pesquisadora, que foi diretora do IEC, contribuiu para uma das primeiras campanhas de vacinação contra as Hepatites, em 1989, em Boca do Acre, município do Interior do Amazonas.

Julho Amarelo

Com o objetivo de alertar a população sobre a importância de conhecer, prevenir, testar e tratar as hepatites virais, o Ministério da Saúde lança a campanha Julho Amarelo. 

Durante todo o mês, o Ministério da Saúde promoverá ações de visibilidade e enfrentamento às hepatites virais, que tiveram início hoje (08) com o “II Seminário Diálogos para a eliminação das hepatites B e C: o caminho para eliminação e ações nos territórios”. Além do evento presencial, webinários estão programados para, prevendo o fortalecimento da gestão colaborativa, incluindo entidades parceiras e organizações da sociedade civil.

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Belém
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM