IHEBE lança campanha de doação de sangue no verão

Meta é garantir fornecimento de sangue a pacientes graves

Eduardo Rocha

Para garantir o fornecimento de sangue à rede privada de saúde em junho e julho, quando as doações caem em cerca de 30 a 40%, o Instituto de Hematologia e Hemoterapia de Belém (IHEBE) lança uma campanha da captação de doadores intitulada "Verão Vermelho - O momento de salvar vidas". Como ressalta o médico hematologista João Saraiva, do IHEBE, a campanha visa sensibilizar os cidadãos e cidadãs a contribuir com a manutenção do atendimento a pacientes graves e, sobretudo, em situações de urgência neste período de movimento intenso de pessoas nas cidades e nas estradas.

Em funcionamento há mais de 20 anos, o IHEBE atua no fornecimento de sangue para estabelecimentos particulares de saúde, entre hospitais e planos de saúde. "O foco da campanha em andamento é trazer doadores, dado que temos os doadores de reposição de sangue mediante convocação por familiares e amigos de um paciente e também se tem os doadores voluntários, atuando de forma permanente", afirmou João Saraiva. Ele observou que de acordo com as Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 1,6% dos brasileiros doam sangue, ou seja, 16 a cada mil habitantes, sendo que o número ideal seria entre 3% a 5%.

Convencimento

Como parte da campanha, são realizadas ações internas e externas para conscientização e atração de público, com cafés da manhã, distribuição de material informativo em hospitais parceiros e ações nas praias. Uma equipe de assistentes sociais percorrerá os estabelecimentos com foco nos doadores, além de ações nas redes sociais..

As ações seguem a iniciativa de um grupo de doadores em São Paulo, denominada Junho Vermelho, de captação de doadores voluntários a partir da queda nas doações em virtude do frio e das férias escolares no Sul do Brasil. "Aqui em Belém, não temos o frio, mas as férias escolares, com o deslocamento das pessoas para as áreas de praias. Em 2020, com a pandemia, fizemos adaptações e realizamos a campanha, obedecendo às medidas contra a covid-19 da Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH) e do Ministério da Saúde. Agora, em 2021, o IHEBE está com um espaço novo para atendimento 100% dos doadores de sangue e tratamento de doenças do sangue, na travessa Mauriti, 3085, entre Almirante Barroso e João Paulo II, para a meta de triplicar a capacidade de atendimento, inclusive, com a otimização da equipe, e as ações da campanha", destaca Saraiva.

Doar

Podem contribuir com doações de sangue pessoas em bom estado de saúde, entre 16 e 69 anos, que pesem mais de 50 kg. Os menores de idade devem estar acompanhados do responsável legal. Para realizar a coleta é necessário estar bem alimentado. É possível doar já 48 horas após ter tomado a vacina da gripe. Indispensável a apresentação de um documento de identificação oficial com foto (RG, CNH, carteira de trabalho ou passaporte).

"Eu digo que a pessoa que nunca doou sangue faça ao menos uma vez para conferir os cuidados adotados na doação e conferir de que forma ela contribui com o atendimento a pacientes. Em junho e julho, no verão, as doações caem em 30 a 40%, mas as demandas por sangue nos hospitais aumentam, porque nesse período muita gente faz cirurgias eletivas e se tem situações de urgência", afirmou o hematologista.

Os interessados em doar sangue ao IHEBE podem comparecer à sede do Instituto, de segunda a sexta-feira, de 7h30 as 18 horas, e aos sábados, de 8 as 12 horas. No local, a pessoa será acolhida, passará por recepção e triagem por profissionais de saúde. A doação de sangue dura dez minutos e o doador recebe um lanche, além de contribuir com pacientes. Informações em 3246-8292 e 98134-7094 (WhatsApp).

Veja o que é preciso para poder doar sangue

- Estar em bom estado de saúde.

- Ter idade entre 16 e 69 anos.

- Pesar mais de 50 kg.

- Indispensável a apresentação de um documento de identificação oficial com foto (RG, CNH, carteira de trabalho ou passaporte).

- Menores de idade devem estar acompanhados do responsável legal.

- Para a coleta, deve-se estar bem alimentado.

- É possível doar já 48 horas após ter tomado a vacina da gripe.

Doações no IHEBE podem ser feitas na travessa Mauriti, 3085, entre Almirante Barroso e João Paulo II. O atendimento é feito de de segunda a sexta-feira, de 7h30 as 18 horas, e aos sábados, de 8 as 12 horas. IHEBE: 3246-8292 e 98134-7094 (WhatsApp).

Belém
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM