Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Idosos fazem longas filas para a vacinação da dose de reforço em Belém

Durante a semana, idosos de 60 a 69 anos podem receber a 3ª dose da vacina anticovid. Os imunossuprimidos e profissionais de saúde que tomaram a 2ª dose até julho também podem comparecer em um dos 25 pontos de vacinação

O Liberal

A última semana de imunização nos mais de 20 pontos criados pela Prefeitura de Belém começou com grande procura dos idosos nascidos em 1952 ou 1953. O público alvo desta segunda-feira (8) compareceu cedo para receber a terceira dose dos imunizantes contra a covid-19. No ginásio da Universidade do Estado do Pará (Uepa), localizado na travessa Perebebuí, com a Almirante Barroso, muita espera, mas também entusiasmo, foram marcantes nesta manhã.

Em contagem regressiva para o fechamento do ponto de vacinação da Universidade, o técnico em enfermagem e vacinador, Lucas Mateus, diz que a cada dia está mais emocionante a atuação na linha de frente do combate ao vírus. "Quando eu estava estagiando na minha área, tinha vontade de fazer voluntariado na campanha de vacinação da capital. Em julho, depois da minha formação, conseguir ingressar aqui neste posto e estou muito feliz em poder ajudar na proteção de todos que já passaram por aqui", conta o profissional de saúde.

Quem também não esconde a emoção e mostra orgulhosa a carteira de vacinação é a funcionária pública Leuzina Marinho Silva, de 68 anos. Com essa dose de reforço, ela conta que estará mais tranquila para as festas de fim de ano, mas lembra que as medidas de higiene devem permanecer. 

"Estou muito feliz por estar tomando o reforço da vacina contra covid-19, muito grata por mais proteção e evidentemente que muita fé em Deus nos ajudou para chegar até aqui. A partir de agora, o obstáculo maior serão as pessoas que não querem tomar vacina. Essas pessoas não tem noção do mal que estão fazendo a elas próprias e contra aqueles que já estão imunizados. A transmissão da doença pode continuar e mesmo com três doses, ainda posso ficar doente. Estou muito satisfeita com o trabalho que está sendo realizado no estado e na nossa capital. Com todos imunizados, usando máscaras, higienizando as mãos vamos sair dessa pandemia de vez", explica a Dona Leuzina

O aposentado Carlos Assis compareceu para a vacinação de reforço, mas não para receber o imunizante, mas sim para acompanhar a esposa que sofre com a doença de Alzheimer. Ele explica que os cuidados vão além do lar e que ter a oportunidade de ver a companheira com mais saúde é gratificante. "Se todos tivessem a consciência da importância da vacina, a gente não estaria com mais de 600 mil mortos no país.  Infelizmente não ocorreu uma prevenção rápida e eficaz do governo, mas aqui, estamos fazendo a nossa parte", ressalta.

Nos próximos dias, o calendário específico para a 3ª dose seguirá assim: terça (09/11) - idosos nascidos em 1954 e 1955; quarta (10/11) - idosos nascidos em 1956 e 1957; quinta (11/11) - idosos nascidos em 1958 e 1959; sexta (12/11) - idosos nascidos em 1960 e 1961. Além disso, os profissionais de saúde que tomaram a 2ª dose até julho poderão comparecer para a dose de reforço, assim como imunossuprimidos.

 

A vacinação na capital segue até às 17h. Esses são os pontos de vacinação em Belém:

 

1. Boulevard Shopping Belém – Estacionamento G6. Av. Visconde de Souza Franco, 776. Reduto;
2. Cassazum. Avenida Duque de Caxias, no 1375, bairro do Marco;
3. Castanheira Shopping Center. Rod. BR 316, km 01, 3° piso. Espaço Cultural;
4. Escola Brigadeiro Fontenele. End: Rua São Domingos, n: 511. Terra firme;
5. Escola de Enfermagem da UEPA. Avenida José Bonifácio, no 1289, bairro do Guamá;
6. Faculdade Cosmopolita. Avenida Tavares Bastos 1313, Marambaia;
7. FIBRA. Avenida Gentil Bittencourt, no 1144, bairro de Nazaré;
8. FUNBOSQUE. Avenida Nossa Senhora da Conceição, Distrito de Outeiro;
9. Ginásio do CCBS-UEPA, esquina da Perebebuí com Almirante Barroso;
10. Ginásio Mangueirinho. Avenida Augusto Montenegro, no 524, bairro do Mangueirão;
11. Icoaraci. Assembleia de Deus, Templo Monte Tabor, Av. Augusto Montenegro, 838 – Agulha;
12. Icoaraci. Escola Liceu de Artes e Ofícios Mestre Raimundo Cardoso. Tv. dos Andradas, 1110 – Ponta Grossa;
13. Icoaraci. Escola Municipal Prof. Alfredo Chaves. Rua 02 de Dezembro,
14. Icoaraci. SEST SENAT. Av. Augusto Montenegro, 765 – Águas Negras
15. IFPA Campus Belém – Av. Almirante Barroso, 1155- Marco;
16. Igreja do Evangelho Quadrangular. Barão de Igarapé Miri, esquina com 25 de junho, bairro do Guamá;
17. IT Center. Av. Senador Lemos, 3153, bairro da Sacramenta;
18. Mosqueiro. Escola Municipal de Ensino Fundamental Abel Martins. Rua Lalor Mota, 551, Carananduba;
19. Mosqueiro. Escola Municipal de Ensino Fundamental Professora Donatila Santana Lopes, Rua Francelina
Santos (rua da bateria), Farol;
20. Shopping Bosque Grão-Pará, entrada de carros exclusivo pelo acesso do Condomínio Cidade Cristal (acesso
D) e entrada de pedestres pelo acesso da Rodovia dos Trabalhadores (acesso G);
21. Shopping Pátio Belém, 3o Piso, loja 358;
22. UEPA CCSE: Universidade do Estado do Pará – Centro de Ciências Sociais e Educação. R. do Úna, n° 156
23. UNAMA. Avenida Alcindo Cacela, no 287;
24. UNIFAMAZ. Avenida Visconde de Souza Franco, no 72, bairro do Reduto;
25. Universidade Federal do Pará (Mirante do Rio/UFPA – Campus Guamá).

 

(Karoline Caldeira, estagiária sob a supervisão de Victor Furtado, coordenador do Núcleo de Atualidades)

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM