Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Grupos de ciclistas se reúnem em passeio pelas ruas de Belém como forma de conscientizar a população

Ciclistas saíram do Mercado de São Brás e passaram por pontos turísticos da cidade, como o Ver-o-Peso e o Portal da Amazônia. Eles pedem mais respeito e também celebram o Dia Estadual do Ciclista

O Liberal

Com o tema "Os avanços do Ciclismo: respeito e responsabilidade, qualidade de vida e educação para o trânsito", a União dos Coordenadores de Bike do Pará (UCBPA), que reúne vários grupos de pedal do Estado, realizou o II Passeio Ciclístico na noite desta quarta-feira (22), data em que se comemora o Dia Estadual do Ciclista. Como forma de conscientizar a sociedade sobre a importância do respeito aos direitos dos ciclistas, dezenas de pessoas pedalaram pelas ruas de Belém, saindo do Mercado de São Brás e passando por pontos turísticos da capital, como o Ver-o-Peso e o Portal da Amazônia.

"O dia do ciclista é importante porque também é o dia mundial sem carro, então é a valorização da mobilidade urbana para a sociedade, diminuindo a quantidade de poluição e trazendo a necessidade da qualidade de vida e da sustentabilidade", explicou Arnaldo Villar, coordenador da UCBPA. Ele contou que o evento também serviu para homenagear vários coordenadores de grupos de ciclistas, que incentivam a educação no trânsito.

O grupo se concentrou no Mercado de São Brás às 19h, e por volta das 20h20 iniciaram o trajeto, passando pelas avenidas José Bonifácio e Governador José Malcher, seguindo pela avenida Visconde de Souza Franco e passando pelo Ver-o-Peso. Depois, os ciclistas pegaram a rua Doutor Assis e seguiram até o Portal da Amazônia, de onde retornaram para o local de partida, pela rua dos Mundurucus.

Para a professora Roseane Fernandes da Costa, coordenadora do grupo Preguiça, voltado para ciclistas que não têm experiência e ainda estão aprendendo, o principal objetivo do passeio é a conscientização da população. "A sociedade, de um modo geral, não entende o ciclismo como uma necessidade, como qualidade de vida, e acham que a gente está atrapalhando o trânsito. Alguns motoristas desrespeitam, xingam, principalmente quando é mulher. Mas, na verdade, nós temos tanto direito quanto eles de usar a via pública".

Entre as lideranças de grupos de pedal, também esteve presente no evento o fundador e coordenador do projeto Bike Inclusiva, Ivan Arruda. O projeto busca a inclusão de pessoas portadoras de necessidades especiais (PNEs) no ciclismo, por meio da acessibilidade e da participação conjunta da família. Ele ressaltou que a bicicleta, além de ser um instrumento de lazer, é também um instrumento de trabalho.

"O trânsito não é só moto, carro e caminhão. É a bicicleta também. Então é muito importante que os ciclistas tenham essa consciência de que também fazem parte do trânsito. É muito gratificante participar deste passeio e poder conscientizar os ciclistas e os outros segmentos de transportes", concluiu Ivan Arruda.

Palavras-chave

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM