Festa cristã ensina sobre salvação, paz e compaixão, diz padre Cláudio Pighin

“Todos podem participar e se sentir parte”, afirma o sacerdote

Camila Guimarães
fonte

O Natal é celebrado anualmente em pelo menos 149 países ao redor do mundo – praticamente toda Europa, América e Oceania, tendo como pano de fundo a fé cristã que comemora simbolicamente, em 25 de dezembro, o nascimento do Deus encarnado, Jesus Cristo. Mas também é uma data que encanta e envolve pessoas de diferentes culturas e credos, o que a torna ainda mais popular. O padre Cláudio Pighin, em entrevista, explica alguns dos significados dessa festa tão marcante do calendário mundial.

 

O natal é uma das principais festas cristãs. O que representa, hoje, o nascimento de Jesus para o mundo?

O Natal é a encarnação de Deus na nossa história, um lugar privilegiado da manifestação de Deus. Significa que a sua revelação não é abstrata e nem fora de nós. Enganam-se, portanto, aqueles que querem fazer uma experiência de Deus fora do contexto histórico.

 

VEJA MAIS

image Símbolos do Natal, presépios podem ser visitados em espaços públicos de Belém
O item é um dos mais tradicionais da decoração natalina e pode ser visitado em alguns lugares, como a Basílica Santuário, a Catedral da Sé e o Porto Futuro

image Conheça a rotina dos artistas que trabalham no Natal para a alegria de muita gente
À meia-noite, o ator João Júnior, que faz o Papai Noel, estará entregando presentes às crianças.

image Grupo de canoagem 'Caruanas' leva solidariedade e afeto para as comunidades da Ilha das Onças
Quinto ano do projeto “Natal Solidário” foi realizado neste domingo (18) em uma manhã especial com trocas de afeto e natureza


A festividade também envolve pessoas que não são cristãs. O que ele tem a ensinar a cada um?

Um ponto importante é que os pastores foram os primeiros que receberam a feliz notícia da ação redentora de Deus. Os pastores eram gente pobre, à margem da sociedade, pessoas que eram consideradas as últimas da vida sócio religiosa daquele tempo. É a partir daí, portanto, que reparamos como Deus pensa e age na nossa história. Para Ele, o que é mais importante é totalmente diferente daquilo que acontece na nossa sociedade.


Quais valores o Natal evoca que contribui para a vida em sociedade ao longo de todo o ano, não só no Natal?

Quem não tem nada, para o Senhor, tem o privilégio de maior atenção. Eu creio que a ação de Deus é sempre favorecer o ser humano que tem menos favores. Isto significa que ninguém é excluído por Deus, somente que a sua aposta é direcionada para quem está sem nada. É uma lógica revolucionária para nossas cabeças.


Existe algo desafiador que o advento do Natal propõe à humanidade?

Sem o Menino deitado na manjedoura, não entenderíamos que a glória de Deus é bem diferente da glória humana. A paz de Deus se opõe à paz humana, que é de poder e conquistas de civilizações. No entanto, a paz de Deus é a realização, na terra, daquilo que acontece no céu. Portanto, para glorificar a Deus, precisamos construir a paz, o que é desafiador.

 

O que é essencial entender sobre o Natal para celebrá-lo neste tempo?

Celebrar o Natal é envolver tudo isso - a paz, a salvação e a compaixão. Por isso todos podem participar e se sentir parte. Este Natal é o pontapé para vivermos toda essa lógica de Deus na nossa vida e na nossa sociedade, no dia-a-dia. Creio que esta festa é a grande festa que nós estamos acolhendo - a lógica de Deus, o próprio Deus na nossa vida.

Belém
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM