Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes volta para Belém na quarta-feira (01)

A 24ª edição da Feira será na Arena Guilherme Paraense, o Mangueirinho, com ampla programação e protocolos de proteção à Covid-19

O Liberal

Os paraenses finalmente irão poder reencontrar uma das maiores programações culturais do Estado, a Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes. Pela primeira vez, a iniciativa do Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), será realizada na Arena Guilherme Paraense (Mangueirinho). Com uma estrutura e programação menor, a edição deste ano trará muitas novidades, marcando a volta do evento, suspenso pela pandemia de Covid-19.

Segundo a secretária de Estado de Cultura, Ursula Vidal, será um evento com novas experiências de acessibilidades e inovação. “Sabemos que nossa gente está ávida por esse reencontro com o livro, com os autores, com as expressões culturais ligadas ao fazer literário e à oralidade, tão presente em nossa identidade amazônica. Nosso desafio é fazer um evento saboroso, dinâmico, porém atento e comprometido com os cuidados sanitários que são uma obrigação do nosso governo”, garantiu.

Os autores homenageados deste ano foram anunciados ainda no ano passado: o escritor Vicente Cecim, que faleceu em junho deste ano, e a pajé e escritora Zeneida Lima, que terão espaços de destaque para suas obras. Este ano, a feira abre espaço às vozes dos artistas homenageados, do autor paraense, da inclusão, da tecnologia e às vozes da juventude. O objetivo é garantir que todas essas expressões criativas sejam compreendidas por meio de ações transversais, presentes na programação.

Os visitantes poderão conferir uma programação gratuita, com espetáculos cênicos, recitações de poesias, teatro de bonecos, contação de histórias, Papo Cabeça, rodas de conversa, Encontros Literários e apresentações musicais de artistas regionais. Uma das novidades deste ano é o Cine Curau, criado para dar destaque às obras audiovisuais produzidas por Vicente Cecim. Nesta edição, os visitantes da Feira do Livro também poderão desfrutar de programação no Centro de Ciências e Planetário do Pará, ao lado do Mangueirinho, mediante agendamento prévio.

Ainda segundo Ursula, “neste formato menor foi preciso reduzir o número de estandes, que não serão cobrados este ano. Em contrapartida, os expositores doarão um percentual de suas vendas em livros para bibliotecas públicas e de base comunitária. Os espaços de comercialização estão divididos por perfil de obra literária, para garantir a diversidade de oferta ao público”, explicou.

O Ponto do Autor é um espaço voltado ao lançamento de obras, comercialização e autógrafos. Devem passar por lá pelo menos 83 autores credenciados. Dentre os lançamentos confirmados, estão os da própria Secult, que incluem obras como “Letras que flutuam”, de Fernanda Martins; “Memórias da Cabanagem”, de Paulo Evander e Leonardo Torii; “Anjo dos Abismos e outras linhas”, de Ruy Barata; “Os Animais da Terra”, de Vicente Cecim; “Poemas da minha vida”, de Jorge Lima, e as obras impressas da Coleção Caruani, com os títulos infantis “Macaco ambientalista”, “Perigo na floresta” e “Garça empoada”, de Zeneida Lima. Também será relançado o livro da série “Violão Paraense”, com biografia e partituras de Nego Nelson.

Protocolos de segurança - Para garantir maior segurança ao público infantil e aos profissionais envolvidos, a visitação será dividida da seguinte forma: crianças e seus acompanhantes/responsáveis terão acesso preferencialmente das 09 às 13 h, devendo permanecer no local até as 14 h. A partir das 14 h, os portões serão abertos para o público jovem/adulto. O objetivo é evitar a exposição das crianças ainda não vacinadas a uma maior circulação de pessoas.

Também será exigida a apresentação da carteirinha de vacinação completa para as faixas etárias já incluídas na campanha de imunização contra a Covid-19, além do uso de máscara no ambiente da Feira. Totens com álcool em gel estarão disponíveis a todos os participantes. Este ano, não haverá as Festas Literárias no interior do Estado.

 

Agende-se

Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes

Data: a partir de 01/12

Local: Arena Guilherme Paraense (Mangueirinho)

Mais informações: https://feiradolivroedasmultivozes.com.br/

Palavras-chave

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM