Estudantes recebem formação para conduzirem os carros de promessas

A formação foi na tarde deste sábado (24), na Casa de Plácido

Bruna Lima
fonte

Estudantes de 25 escolas entre a rede pública e privada participaram, na tarde deste sábado (24), da Formação de Alunos para conduzir os Carros de Promessa da procissão do Círio de Nossa senhora de Nazaré. Dos 14 carros usados na procissão, os estudantes vão se responsabilizar por 10.

Rosa Sousa, que integra a diretoria de procissão, explica que a tarde de formação tem como função orientar os alunos de como eles devem se portar durante a procissão executando o trabalho de receber os objetos de promessas dos romeiros. Mas além da orientação, também é realizado um momento de evangelização com os alunos.

“Essa ação de receber as promessas dos romeiros tem uma grande responsabilidade, pois não é apenas receber um objeto. Eles vão receber algo carregado com sentimento de esperança ou gratidão. É um momento importante para milhares de pessoas”, destaca Rosa Sousa.

O estudante Waldo Silva, 20, participa da ação desde 2018. Atualmente ele já faz graduação de agronomia, mas ele foi atrás da diretoria da festa e pediu para fazer parte do voluntariado. Ele diz que começou com a ação quando ainda estudava no colégio Santa Rosa e quando teve a primeira experiência sentiu uma emoção muito forte e o desejo de sempre que puder, fazer parte do projeto.

“É uma energia muito forte, desde o início sempre me senti muito instigado a participar. A gente conhece pessoas, histórias. Não se trata apenas de pegar o objeto, ali está a história, a fé de uma pessoa, uma energia. A gente se sente muito contagiado. É maravilhoso.”, destaca o estudante.

Eduarda Azevedo,18, é estudante do Aslan e diz que já participou da ação outras vezes e diz que sempre se sente motivada pela emoção do Círio. “É algo que eu gosto muito de participar, pois mexe muito com a gente. É um trabalho que a gente está servindo aos outros e a nós mesmos, pois o bem que faz pra gente é maravilhoso”, pontuou a jovem.

Rosa Sousa diz que existem escolas que já possuem uma parceria antiga e outras são convidadas e atuam mais recentemente. Cada escola disponibiliza aproximadamente 30 alunos para a ação voluntária.

Durante a formação, além da evangelização a diretoria da festa também fez o sorteio dos carros determinando os carros e as escolas responsáveis, sendo duas escolas em cada carro, e as demais formam pelotões de apoio ao longo do trajeto.

“Este ano vamos retirar os carros do primeiro galpão da CDP a partir das 4h30 da manhã de domingo, dia 9 de outubro, para que às 5h eles já estejam organizados na avenida Presidente Vargas, aguardando a chegada da romaria”, esclareceu Mário Tuma, membro da diretoria de procissões.

Em 2021, a festa passou a ter 14 carros. Integram o conjunto de carros do Círio de Nazaré, além da Berlinda: Carro de Plácido, Barca da Guarda Mirim, Barca Nova, Cesto de Promessas, Barca com Velas, Barca Portuguesa, Barca com Remos, Carro Dom Fuas, Carro da Sagrada Família, quatro Carros dos Anjos, que são conduzidos pela Catequese da Basílica Santuário de Nazaré, e o Carro da Saúde, que passou a compor o conjunto dos carros ano passado, em homenagem aos profissionais da área da saúde que estiveram na linha de frente no combate à pandemia e a todas as vítimas da COVID.

Belém
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM