Engenheiros da Prefeitura de Belém marcam imóveis no 'Miolo do Jurunas'

O objetivo é implantar obras de saneamento nessas áreas

O Liberal

A equipe social do Programa de Saneamento da Bacia da Estrada Nova (Promaben) vai atuar, nesta terça-feira (3), na localização e marcação dos imóveis da área denominada Miolo do Jurunas. Durante esse trabalho, os engenheiros vão localizar a linha da obra e identificar os imóveis que serão afetados. Na segunda-feira (2), os moradores da área receberam a visita de assistentes sociais da Prefeitura de Belém. Eles percorreram as ruas e vilas, entregando panfletos e explicando sobre as obras que serão realizadas no local, cujos imóveis serão afetados.

O Miolo do Jurunas fica localizado no perímetro entre a avenida Fernando Guilhon e a travessa Quintino Bocaiúva e da avenida Bernardo Sayão até a rua Honório José dos Santos. E corresponde ao quarto e último trecho da linha de obras do Promaben. “Posteriormente, com o relatório de selagem em mãos, a equipe social vai entrar realizando o cadastro socioambiental. Em seguida, a equipe de engenharia realizará o cadastramento físico dos imóveis", disse o engenheiro civil Arthur Amaral, assessor da Subcoordenação de Engenharia do Promaben.

Após a selagem, é feito o congelamento da área, onde não poderão mais ser construídos novos imóveis

A selagem  consiste na aplicação de um adesivo chamado Placa de Selagem e que contém o número do cadastro de Engenharia, considerado a base para os cadastros sociais, que é colado em local visível na fachada dos imóveis. Essa identificação vai facilitar o processo de aplicação das entrevistas do cadastramento socioambiental. Após a selagem, é feito o congelamento da área, onde não poderão mais ser construídos novos imóveis e que será reservada para os estudos de avaliação feitos a partir do cadastramento físico, assim como para garantir a segurança dos moradores das áreas de risco.

O cadastro socioambiental terminará no dia 12 deste mês. E o cadastro físico será encerrado em 20 de setembro. 
Já foram feitos os cadastramentos e identificados 77 imóveis no trecho um, 229 imóveis no trecho dois e 121 imóveis no trecho três. O quarto trecho ainda está passando pela fase de levantamento dos imóveis. “Esses cadastramentos estão sendo feitos para que a gente possa implantar as obras de saneamento nessas áreas. Vamos levar melhorias em relação ao saneamento, tratamento de água, sistema viário, esgoto e drenagem. São as obras que vão chegar nessas áreas, levando bem-estar e melhor infraestrutura para esta região”, explicou o engenheiro Arthur.  A assistente Social Sâmia de Sousa, 26, mora desde os dois anos no Miolo do Jurunas. “Eu acho que essa obra pode ajudar a gente. Vai ser bom pra população", disse.

Belém
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM