Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Em Belém, Sesma cadastra usuários no SUS 

Intenção da secretaria municipal de saúde é garantir fácil acesso a consultas e vacinação, por exemplo

O Liberal

A Prefeitura de Belém iniciou mais uma etapa da campanha "Cadastra Belém". A ação é da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) que, na prática, objetiva cadastrar usuários no Sistema Único de Saúde (SUS) para garantir facilidade de acesso a consultas, atendimento multiprofissional, vacinação e acompanhamento de pré-natal, entre outros serviços de saúde. Com informações da Agência Belém.

De acordo com a PMB, a meta para este ano é chegar a 650 mil cadastros. Para tanto, foi montada uma força-tarefa com agentes de saúde da Unidade Básica de Saúde (UBS) Portal da Amazônia, entre outras.

É esta equipe que reúne agentes comunitários de saúde (ACS), agentes de endemias e mais 60 estudantes universitários da área da saúde que atua na campanha Cadastra Belém, nas próximas quatro semanas, visitando, de casa em casa, a população da capital.

“Foi ótimo pra mim. Eles foram em casa, fizeram o meu cadastro e hoje estou matriculada aqui no posto, onde faço todas as minhas consultas e acompanhamentos de saúde”, afirmou a professora Margarida Barbosa, que foi cadastrada durante a ação do Cadastra Belém, no ano passado, e hoje tem todo o histórico de saúde acompanhado pelos médicos e profissionais de saúde da Unidade Básica de Saúde (UBS) Portal da Amazônia.

Conhecimento da população

“Cadastrar a população é importante para que a gente possa conhecer a comunidade e para que ela conheça os diversos serviços que ofertamos dentro da rede de saúde do município de Belém", afirmou a gerente da UBS Portal,  Danielly Rocha.

Ela explicou, ainda, que, "cada bairro, família, tem a sua particularidade, então, no momento em que esses agentes comunitários de saúde adentrarem essas residências, eles acabam tomando conhecimento de todas as necessidades daquela comunidade", disse Danielly Rocha.

Ela explicou também que os dados são levados para as UBs, que os insere no sistema. Fica interligado ao Ministério da Saúde e, assim, passamos a ter um olhar mais ampliado, tanto da oferta de serviços de saúde como também dos cuidados com essa população em educação e saúde”, disse.

O cadastramento também ajuda no trabalho do profissional da saúde que atende nestas unidades. Bruna Pimenta, enfermeira na UBS Portal, explica que o cadastro ajuda a conhecer o perfil epidemiológico dos usuários.

“É importante para que saibamos com quem estamos trabalhando, quantas gestantes, quantas crianças. Para que a gente possa atender melhor, ofertar e fazer essa promoção da prevenção à saúde da maneira mais adequada possível”, ressalta.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM