Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Desfile militar pelo Dia do Exército volta a ser realizado em Belém

Solenidade foi marcada por entrega de condecorações a autoridades civis e militares

Camila Guimarães

O Dia do Exército foi celebrado, nesta terça-feira (19), com uma solenidade realizada em frente ao Quartel General Integrado (QGI), no bairro da Campina, em Belém. Na ocasião, 20 autoridades civis e militares foram condecoradas e o público pôde acompanhar o desfile da tropa das Guarnições de Belém, em continência ao Comandante Militar do Norte, General do Exército, João Chalella Júnior. Foi a primeira realização do evento em dois anos, por causa da pandemia.

O General João Chalella Júnior destacou a importância dos serviços prestados pelo Exército Brasileiro (EB) durante o enfrentamento à covid-19: “Nós não paramos um minuto, enquanto as pessoas ficavam em casa, o Exército saía para a rua. Com as demais forças armadas, fizemos entrega de vacinas para diversas terras indígenas, mesmo que fosse para entregar 30 doses. Ninguém ficou para trás. Também temos colaborado com mais de 6 mil bolsas de sangue doadas para os hospitais e também realizamos a desinfecção de locais públicos. Essa tem sido nossa colaboração neste passado recente”.

Entre as 15 Organizações Militares que participaram da formatura, estiveram presentes o 2º Batalhão de Infantaria de Selva (2º BIS); a 15ª Companhia de Polícia do Exército (15ª Cia PE) e o Colégio Militar de Belém (CMBel). Este último recebeu destaque na fala do General João Chalella Júnior: “São quase 800 alunos que representam o futuro da nossa sociedade”, disse.

Para os familiares de militares que participaram do desfile, a ocasião representou orgulho e tradição. Dona Narciliana Sozar, mãe da sargento Sozar, descreveu o sentimento de ver a filha participando da solenidade: “É muito gratificante ver minha filha servindo. É uma emoção muito grande. Eu creio que, no futuro, vou ver meu neto ali também”.

A microempreendedora Ana Aquino também esteve presente, acompanhando seu filho, o soldado Filipe Aquino, que desfilava pela primeira vez: “É uma sensação maravilhosa, já chorei tanto! Eu acho que toda a mãe deveria ter um filho que passasse por isso, porque o Exército é uma grande lição de vida para muita gente”.

O rodoviário Márcio Silva levou toda a família para acompanhar o primeiro desfile do filho e contou que havia uma grande expectativa pela solenidade: “Devido à pandemia, que não permitiu marchar durante esses dois anos, esse momento é de grande emoção. Na nossa família tem o tio dele, que serviu e se aposentou também pelo Exército, então é algo que está se tornando uma tradição. Ver meu filho servindo, não tem palavras que expressem a emoção”.

 

Condecorações reconheceram serviços prestados à sociedade

O período de condecorações a autoridades civis e militares buscou reconhecer figuras que prestaram serviços relevantes à sociedade paraense e ao EB. Foram entregues sete Medalhas da Ordem do Mérito Militar (OMM), mais elevada distinção honorífica; 10 Medalhas Exército Brasileiro (MEB), a civis e militares que praticaram ação em prol do interesse público; e três Medalhas Serviço Amazônico (MSA), concedida por dedicação, abnegação e capacidade profissional.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM