Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Debates sobre mudanças climáticas seguem ao longo desta semana na UFPA

"Encontro de Saberes Amazônia e Mudanças Climáticas" mescla conhecimentos científicos e de povos tradicionais

Ana Carolina Matos / O Liberal

Os debates acerca do clima e do conhecimento amazônico preenchem a Universidade Federal do Pará (UFPa) até a sexta-feira (23), no bairro do Guamá, em Belém. Na tarde desta terça-feira (20), a instituição deu início ao Encontro de Saberes Amazônia e Mudanças Climáticas, no Centro de Eventos Benedito Nunes. Este é um dos eventos promovidos pelo 10º Fórum Social Pan-Amazônico (Fospa), para a preparação da grande programação que ocorrerá em julho de 2022, também na UFPA. A conclusão das discussões que transcorrerão durante a semana culminaram na elaboração de uma carta que será enviada à Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, a COP26, que se reunirá em Glasgow, Reino Unido, em novembro deste ano.

Estudantes, pesquisadores e ativistas participaram do lançamento da programação, que prosseguirá de forma híbrida, com transmissão simultânea pelo Zoom e atividades presenciais no bairro do Guamá. Além disso, a abertura contou com a participação do reitor da UFPA, Emmanuel Zagury Tourinho; do professor Luiz Arnaldo Campos, um dos organizadores do evento e integrante do Conselho Internacional do Fórum Social Pan-Amazônico; do procurador federal de justiça Felipe Pontes; do vice-prefeito de Belém, Edilson Moura. 

"Para a UFPA, receber os debates que ocorrerão no próximos dias e no fórum de julho é motivo de alegria pela capacidade de construir os povos da Amazônia. Temos muito o que nos orgulhar de nossa capacidade de resistência e de luta para construir uma referência de valorização de diversidade e conhecimento, com relações fraternas e justas. A UFPA está empenhada em conhecer e contribuir com desenvolvimento social e econômico da Amazônia e criar oportunidade para que povos da Amazônia tenham acesso à educação de qualidade", garantiu o reitor da instituição, Emmanuel Tourinho, que deu início às manifestações dos convidados.

A iniciativa promove um espaço de troca de aprendizados tradicionais e científicos, que terá como protagonistas os detentores desses conhecimentos, bem como representantes de povos e movimentos sociais da Pan-Amazônia.  "Esse é um encontro dos sabedores das selvas, dos quilombolas, dos indígenas, de quem se tornou sábio por séculos de convivência com a natureza, mas também dos laboratórios, dos pesquisadores e da ciência", aponta Luiz Arnaldo Campos.

Para o vice-prefeito de Belém, Edilson Moura, o momento é de trazer os debates sobre a Amazônia sob a ótica dos povos que vivem na região. "Normalmente se discute Amazônia de fora para dentro. Não é à tona que grandes projetos fossem criados na Amazônia sem que a população fosse ouvida. Agora temos uma tentativa de inversão de ouvir a Amazônia a partir da perspectiva do homem e da mulher amazônica", pontua. 

A programação conta com lideranças de povos tradicionais, movimentos sociais e pesquisadores. Na forma de círculos de debates, serão discutidos temas como: O Estado das Coisas - Perspectivas para a Humanidade; Mudanças Climáticas, Saúde e Soberania Alimentar; Mudanças Climáticas e Defesa dos Territórios; Mudanças Climáticas e Grandes Projetos; Mudanças Climáticas Desmatamento, Destruição e Sociobiodiversidade; Financiamento das Resistências; Interculturalidade; Diálogo entre Amazônia e Povos do Mundo. Também haverá, ao longo da programação, várias intervenções culturais amazônidas. 

Mais informações sobre o Fospa podem ser acessadas por meio do Instagram. Os interessados em participar ainda podem realizar inscrições gratuitamente por meio de um formulário online, disponível no site da UFPa

Palavras-chave

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM