Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Círio 2022: reunião debate mudanças na procissão do traslado para Ananindeua e Marituba

A decisão foi debatida na última quinta-feira (18), por conta das obras do BRT, estiverem presentes a Diretoria do Núcleo de Gerenciamento de Transporte Metropolitano (NGTM) e a Diretoria de Procissões da Festa de Nazaré (DFN)

Gabriel Pires

Por conta do andamento das obras do BRT Metropolitano, na rodovia BR-316, o trajeto do Traslado para Ananindeua e Marituba — uma das romarias do Círio que acontece na sexta-feira antes da grande procissão do domingo — poderá sofrer alterações no percurso. A decisão foi debatida na última quinta-feira (18) entre a Diretoria do Núcleo de Gerenciamento de Transporte Metropolitano (NGTM) em conjunto com a Diretoria de Procissões da Festa de Nazaré (DFN)

Participaram da reunião o diretor executivo do NGTM, Ruy Mendonça, e o diretor de Procissões da Festa de Nazaré, Antônio Sousa. Durante a conversa, os gestores apresentaram as condições de pistas e alternativas de retorno que a procissão requer para a programação do Círio 2022. Para realização do traslado, duas alternativas de retorno foram apresentadas: 1.200 metros e 1.300 metros após o viaduto do Coqueiro, em Ananindeua, sentido Belém – Marituba. 

“O antigo retorno em frente ao conhecido hospital particular não existe mais por conta do corredor exclusivo do BRT Metropolitano. Teremos ainda, no mês de setembro, o início da etapa de implantação da rede de drenagem na via”, explicou o engenheiro Eduardo Ribeiro, diretor geral do NGTM.

Procissão espera um número duplicado de fiéis

Ainda segundo o titular do NGTM, para evitar outros transtornos na sexta-feira que antecede o segundo domingo de outubro, não haverá atividades de obras na via, com compensação futura. 

O diretor de Procissões Mário Tuma Júnior enfatiza que o interessante é ter alternativas para que a programação seja realizada. “A gente espera um número duplicado para o evento, já que não tivemos a procissão nos últimos dois anos por causa da pandemia. Todos estão muito ansiosos. Com essas opções, iremos fazer o estudo e confirmar qual será a alternativa escolhida”, explicou Mário.

(Gabriel Pires, estagiário sob a supervisão do coordenador do Núcleo de Atualidades, João Thiago Dias)

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM