Círio 2020 ganhará mais uma procissão

Após anos de crescente participação popular, transporte dos carros, na quarta-feira antes do Círio, irá virar romaria

Redação Integrada

Durante a posse da nova diretoria da festa de Nazaré, que aconteceu na noite desta quarta-feira (4), na Casa de Plácido, foi anunciado que o Círio de Nazaré passará a ter mais uma procissão oficial. A partir de 2020, ao invés de 12 serão 13 as procissões da Festividade.

O transporte dos carros, que ocorre sempre na quarta-feira que antecede a apresentação do manto da imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré, é a nova procissão. Ela será, então, a primeira. Ao longo dos últimos anos, o número de pessoas que resolveu acompanhar o transportes dos carros até os galpões da Companhia Docas do Pará cresceu bastante.

Albano Martins, coordenador da Diretoria da Festa, fez o anúncio. "É com muita alegria que anunciamos essa novidade. A nova procissão terá a presença da imagem peregrina, do início ao fim do trajeto, da Direitoria da Festa, da Guarda da Santa e, claro, a benção final nos galpões da CDP", disse.

Ainda de acordo com ele, a decisão foi tomada em conjunto com Dom Alberto Taveira. "Já vinhamos conversando com e (Dom Alberto), comentamos sobre o tamanho que esse evento ganhou, foi quando surgiu a ideia de acarinhar nosso romeiro e, Dom Alberto, com sua percepção abençoada, disse que o povo já o escolheu como procissão e nós vamos abraçá-la", finalizou Martins.

Trajeto - A nova procissão deverá seguir os mesmos moldes do evento que aconteceu até então. Ao todo são percorridos 4 quilômetros de vias, levando os 13 carros dos milagres da Basílica Santuário, em Nazaré, até os galpões da CDP, inciando pela Avenida Nazaré, passando pela Travessa 14 de Março, Rua Antônio Barreto, avenidas Visconde de Souza Franco e Marechal Hermes até os galpões. Os Carros do Círio transportados são: Carro de Plácido, Barca dos Escoteiros, Barca Nova, quatro Carros dos Anjos, Cesto de Promessas, Barca com Velas, Barca Portuguesa, Barca com Remos, Carro Dom Fuas e Carro da Sagrada Família.

De acordo com a Diretoria da Festa, desde 1980, o Transporte dos Carros que participam da Festividade de Nossa Senhora de Nazaré é realizado dessa maneira. Anteriormente, esses Carros eram levados para a CDP na madrugada que antecede o Círio. O primeiro Carro (dos Milagres) a ser inserido no Círio foi o que lembra o milagre acontecido em 1182 a Dom Fuas Roupinho, fidalgo português, que esteve prestes a despencar num abismo com seu cavalo, mas recorreu à Nossa Senhora de Nazaré e foi salvo. A ordem de inserção desse Carro partiu da Rainha de Portugal, Dona Maria I, em 1805.

 

 

 

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BELÉM