Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Centro especializado no atendimento contra Covid-19 completa um mês em Belém

A unidade montada no hospital Santa Teresinha já atendeu 34 pacientes

O Liberal

O Centro Especializado de Atendimento para Covid-19, instalado no hospital Santa Teresinha, em Belém, completou um mês de funcionamento na última terça-feira (2). O local foi montado para receber pacientes infectados pela doença após o encerramento das atividades do Hospital de Campanha do Hangar. Ao todo, 34 pacientes já foram atendidos na unidade hospitalar. 

Do número total de pessoas atendidas, 15 receberam alta médica e 6 faleceram. Atualmente, o Centro Especializado registra 26 pacientes internados, sendo 12 em leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), o que equivale a uma taxa de ocupação de 32,5% - a de leitos clínicos corresponde a 35%, enquanto que a de UTI está em 30%. A ala hospitalar instalada pelo Governo do Estado oferece 120 leitos, sendo 60 clínicos e 60 de UTI, e conta com uma equipe multidisciplinar formada por cerca de 70 profissionais.  

Na avaliação de Rômulo Rodovalho, titular da Secretaria de Estado da Saúde do Pará (Sespa), o plano para oferecer assistência a população está sendo bem-sucedido. "A estratégia vem sendo realizada da forma esperada, tanto na unidade que foi instalada em Belém, pela secretaria, como também nas demais unidades que estão situadas em Parauapebas, Bragança e Santarém que foi inaugurada nesta quarta-feira. Essa é uma estratégia do Governo, por meio da Sespa, para garantir atendimento permanente a pacientes de Covid-19 liberando as unidades hospitalares que antes estavam fazendo esse atendimento, para que possam dar vazão a outras especialidades que também precisam da nossa atenção", explica.

O atendimento aos pacientes segue o mesmo protocolo adotado no Hospital de Campanha do Hangar. Para ser atendido no Centro Especializado o paciente deve ser encaminhado via Central de Regulação Estadual. 

Rômulo Rodovalho ressalta que não há previsão para o encerramento das atividades dos Centros Especializados contra Covid-19. "Mesmo com a melhora do cenário epidemiológico, não há previsão de encerramento das unidades especializadas de atendimento covid-19, elas serão adotadas como estratégias até que se verifique que não sejam mais necessárias", acrescenta. 

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM