Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Candidato que morreu após teste físico de concurso da PM é aprovado no exame

Aelton Guimarães Braga Silva, de 20 anos, teve o nome listado entre os aptos no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (19)

O Liberal

O candidato que morreu durante o Teste de Aptidão Física (TAF) do concurso da Polícia Militar, há pouco mais de duas semanas, foi aprovado no exame. Aelton Guimarães Braga Silva, de 20 anos, teve o nome divulgado na edição desta sexta-feira (19) do Diário Oficial do Estado.

A divulgação foi feita pela PM e pela Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad). O jovem está na lista dos aptos do resultado preliminar da 4ª etapa - teste físico - da seleção.

LEIA MAIS

Canditato morre durante teste físico da Polícia Militar em Belém Aelton Guimarães Braga Silva, de 20 anos, infartou após o exame e foi encaminhado a uma unidade hospitalar, mas não resistiu

Aelton já havia passado pela 1ª etapa da prova de conhecimentos; pela 2ª etapa do exame de avaliação psicológica e pela 3ª etapa no exame de avaliação de saúde. Após a 4ª etapa na qual ele foi aprovado, o jovem seguiria para a 5ª etapa com a investigação de antecedentes pessoais.

Aelton Guimarães Braga da Silva teve o nome listado entre os aptos da 4ª etapa do concurso da PM (Reprodução/ Diário Oficial)

Relembre o caso

Aelton Braga infartou no último dia 4 de novembro deste ano, pouco depois de realizar o teste físico, no Ginásio da Universidade Estadual do Pará (Uepa), no bairro do Marco, em Belém.

O TAF é dividido em quatro partes: flexão/sustentação de braço na barra; flexão abdominal sobre o solo; flexão de braço no solo e uma corrida de 2 mil metros para os homens, com duração de 12 minutos. O jovem já havia terminado a prova quando sentiu um mal estar e precisou ser socorrido.

Acionada pela reportagem, a Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad) informou, na época, que o candidato chegou a receber os primeiros socorros no local, foi encaminhado ao Pronto Socorro Municipal Mário Pinotti, o PSM da 14, mas não resistiu e morreu na unidade hospitalar.

O jovem concorria ao cargo de Praça e cursava o curso de Direito na Universidade Federal do Pará (UFPA).

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM