Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Cabos de aço serão colocados na ponte de Outeiro: obras levarão sete meses

Trabalhos serão iniciados essa segunda-feira (24), diz a Setran. Em um mês, tráfego de motos, pedestres e biciletas poderá ser liberado

Bruna Dias

O uso emergencial de cabos de aço, aos moldes da Alça Viária, será a solução para as obras que vão recuperar a ponte de Outeiro, interditada desde a última segunda (17), após um acidente que derrubou um dos seu pilares. É o que anunciou neste domingo o governo do Estado, em coletiva em que detalha as obras  a serem feitas para reabilitar a via e dá detalhes sobre a investigação do acidente.   

Segundo detalhou Adler Silveira, titular da Secretaria de Estado de Transportes (Setran), os cabos de aço vão ser colocados a partir desta segunda-feira (24). Com isso, em 30 dias será feito um teste de carga que poderá liberar o tráfego para pedestres, motocicletas e bicicletas. A estimativa é de sete meses até a conclusão da obra. O governo, porém, ainda não detalhou os valores a serem investidos.

A recuperação, a ser feita no modelo de "ponte estaiada", deve permitir também a duplicação da pista que dá acesso a Outeiro, caso seja necessário fazer isso em um futuro próximo. Com isso, as obras não serão mais dedicadas à reconstrução do pilar que desabou.

Coletiva atualiza situação da recuperação e investigação do caso (Marcio Nagano)

Investigação


A Polícia Civil já está em posse do empurrador apontado como causador do acidente que causou a queda e um pilar da ponte que dá acesso do Distrito de Outeiro. A confirmação foi feita também neste domingo, durante o anúncio das obras de recuperação. 

Segundo a polícia, a embarcação já está sendo periciada e as investigações estão avançadas, confirmou o delegado Daniel  Castro, Diretor de Polícia Metropolitana.

A redação integrada de O Liberal apura mais informações. Acompanhe.

Palavras-chave

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM