Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Aluno de escola pública do Jurunas acha asteroide e tem certificado da NASA

Antony David Costa de Sena, 14 anos, tem medalhas de Ouro, Prata e Bronze na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica

Valéria Nascimento

Após conquistar a medalha de ouro na Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG), no ano passado, e ainda a medalha de prata na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA), o estudante, Antony David Costa de Sena, de 14 anos, acaba de receber o comunicado de que ganhará o certificado emitido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e o International Astronomical Search Collaboration (IASC/NASA), por ter descoberto um asteroide (pequenos corpos rochosos que têm órbita definida ao redor do Sol), nas imagens captadas por um telescópio de 1.8 metros pertencente à Universidade do Hawai, o Astrometrica.

Morador e aluno do 9°ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Honorato Filgueiras, no bairro do Jurunas, em Belém, Antony David participa do Programa Caça Asteroides MCTI, incentivado por seus estudos no Núcleo de Astronomia da Universidade Federal do Pará (Nastro/UFPA), que disponibiliza curso preparatório gratuito para os estudantes inscritos na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA).

"No Nastro/UFPA, eu sou aluno do professor Carlos Alexandre, que é graduando em Física e da professora Emily Nobre, graduanda de Ciências Biológicas, também, pela UFPA. Eu me interesso por astronomia, em geral, desde que eu era muito pequeno. Eu sempre consumi material de divulgação científica, séries, filmes, documentários. Meus pais sempre me criaram voltado para a ciência, para a educação. Sou aluno de escola pública, meus professores me incentivam muito, tanto da minha escola quanto do Nastro/UFPA", contou o adolescente, nesta noite de sexta-feira (20).

"Sou um astrônomo amador e um divulgador científico", frisou ele com orgulho, relatando seus feitos recentes. "Eu tenho quatro medalhas, duas na OBA (ouro e prata) e duas na  MOBFOG (ouro e bronze)".

Sobre a descoberta do asteroide que o fez receber certificação internacional da NASA, ele explica que como está inscrito na edição em curso do Programa Caça Asteroide, participou de treinamentos para se familiarizar com os 'achados' dos asteroides. 

"Eles fazem um treinamento no Youtube, todo mês, onde eles ensinam a gente a caçar, a reconhecer os asteroides, usar a plataforma, que é o Astrometrica. Eles nos ensinam tudo o que a gente precisa para caçar asteroides, a partir daí, semanalmente ou a cada 15 dias, eles disponibilizam para gente pacotes de imagens. Então, a gente analisa esses pacotes, e pode ter a chance de encontrar asteroides nesses pacotes. Em seguida, a gente envia um relatório, esses relatórios sobre os asteroides vão passar por um crivo, pouquíssimos relatórios serão aceitos porque a análise é feita pelas equipes da Nasa. O meu passou, eles aceitaram o que eu descrevi em meus relatórios", vibrou o adolescente Antony David, feliz com sua conquista.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM