Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Ação no Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo realiza adesivaço em Belém

Ponto principal da mobilização ocorreu na avenida Doca de Souza Franco, neste sábado

Natália Mello

Sensibilizar sobre a condição do Transtorno do Espectro Autista foi o mote de uma ação realizada neste sábado (2), na avenida Visconde de Souza Franco, em Belém, pelo Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo. A data foi definida pela Organização das Nações Unidas com a intenção trazer à luz informações sobre o assunto e alcançar cada dia mais pessoas na sociedade.

A programação na capital foi organizada pelo Grupo Mundo Azul, formado por mais de 400 famílias de pessoas com autismo. Neste sábado, a mobilização contou com cinco frentes de trabalho, sendo as outras quatro montadas em shoppings nos bairros do Mangueirão e Parque Verde, além de ações nos municípios de Igarapé-Açu e Castanhal. Uma das organizadoras do evento, Flávia Marçal, explicou um pouco do movimento deste sábado.

“O nosso grupo conta com 10 administradoras que se revezam e hoje vão estar atuando aqui na Doca. O nosso objetivo é chamar a atenção para o tema do autismo e fazer com que as pessoas busquem mais saber sobre essa condição. Por isso, o adesivaço, a distribuição de panfletos, sobre como as pessoas na sociedade podem apoiar pessoas com autismo”, detalhou Flávia.

No shopping localizado no bairro do Mangueirão, foi colocada uma loja colaborativa, com projetos de mães empreendedoras que têm filhos autistas, com seus produtos. “A nossa ideia é incentivar essas pessoas e seus trabalhos. Teremos uma média de 80 pessoas envolvidas na organização dessas ações, além de mães, apoiadores e pessoas até mesmo das clínicas que atendem nossos filhos dando suporte”, finalizou.

O filho da engenheira agrônoma Paula Pinheiro foi diagnosticado com autismo e Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) aos três anos. Hoje, quatro anos depois, a condição de João Paulo levou a mãe a atuar fortemente com essa causa.

O Autismo é uma condição do desenvolvimento humano que possui diversos níveis de suporte e se caracterizam essencialmente pelas dificuldades na comunicação e na interação social. Normalmente suas características se apresentam na primeira infância até os 3 anos de idade. “Quando soube o diagnóstico foi um susto, mas entendemos que é uma causa e passamos a nos engajar muito, fazendo campanha na escola, temos grupo, inclusive estamos aumentado esse leque, temos família em Abaetetuba, Igarapé-Miri, onde tenho um irmão que é autista, e estamos começando a atuar em Palmas e Acará. A gente acaba sendo multiplicador dessa conscientização sobre o autismo”, analisa.

E esse movimento de alcançar pessoas chegou até o advogado Breno Bastos, de 39 anos. Mesmo sem ninguém na família com autismo, ele soube da mobilização e foi até a ação na Doca para adesivar o carro. “Vi a mobilização na rede social e achei interessante, acho importante apoiar, por isso marquei com a cunhada e convidei para virmos. Precisamos conscientizar cada vez mais a sociedade da importância de termos políticas públicas direcionadas ao autismo, então a oportunidade da data é chamar atenção de quem não conhece ou não é sensível a causa e incentivar essas pessoas a buscar informações sobre”, concluiu.

A ação deste sábado ocorre até às 17h, nos cinco pontos informados pelo Grupo Mundo Azul.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM