Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

1.300 motoentregadores de Belém e Ananindeua aderem ao "Breque dos App", neste sábado

O Sindicato de motoristas de transporte por aplicativo do estado do Pará apoia os manifestantes

Emanuele Correa

Desde às 00h deste sábado (11) motoristas de aplicativo de entrega de Belém e Ananindeua aderiram à paralisação nacional da categoria, devido ao reajuste das tarifas cobradas pelas empresas de mobilidade urbana por aplicativo. A categoria reclama sobre os valores repassados pelas plataformas aos motoristas. 1.300 motoentregadores de Belém e Ananindeua participam do "Breque dos App", a concentração começou às 7h30, ao lado do Bosque, na avenida Perebebuí e seguirá ao longo do dia por Belém, até chegar em Ananindeua.

Uma das paradas do grupo, foi no começo da manhã, em frente a um Shopping de Belém, localizado na travessa Padre Eutiquío, bairro da Batista Campos. Ronaldo Seisa, uma das lideranças dos motoentregadores, diz que a paralisação se estenderá até às 23h59 e que tiveram uma boa adesão: "1.300 entregadores de Belém que utilizam as plataformas da Uber eats, ifood, 99, rappi e bee... Ao longo do dia iremos percorrer a cidade, de forma pacífica", explica.

Ronaldo explica que as principais reivindicações da categoria são: aumento do valor por KM, taxa mínima de pedido , 'Fora agendamento' e fim dos bloqueios indevidos... Nosso problema é com o aplicativo, inclusive, estamos comunicando aos restaurantes, porque os estabelecimentos são nossos parceiros, a greve é contra os aplicativo. Muitos proprietários de estabelecimentos estão a nosso favor. Já estão desligando os aplicativos", concluiu.

O Sindicato de motoristas de transporte por aplicativo do estado do Pará, está ciente da paralisação e apoia o movimento grevista. Euclides Magno, presidente do sindicato, diz que: "existem mais de 120 grupos de motoristas de aplicativo. Esta é dos motoentregadores, estamos cientes e apoiamos o movimento. Nesta semana teremos uma reunião com eles, para alinhar a participação deles na audiência pública junto conosco na Alepa. Para a paralisação do dia 30", ressalta.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM