Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

TRT da 8ª Região elege presidente, vice e corregedora regional

Eles vão administrar o Tribunal no biênio 2022-2024

O Liberal

O Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região, no Pará e Amapá, elegeu, nesta segunda-feira (5), como novo presidente o desembargador Marcus Augusto Losada, para o biênio 2022-2024. Ele terá como vice a desembargadora Ida Selene Duarte Sirotheau Correa Braga. A nova corregedora regional eleita é a desembargadora Maria Zuíla Dutra.

A eleição foi conduzida pela então presidente do Tribunal, desembargadora Graziela Leite Colares. Na Comissão Eleitoral estiveram os desembargadores Rosita de Nazaré Sidrim Nassar e Carlos Zahlout Júnior.

O desembargador José Edílsimo Eliziário Bentes destacou a importância da eleição democrática. Ele enfatizou que o TRT-8 cumpre, com o pleito, um ato que se repete, desde do dia 15 de dezembro de 1955, quando houve a primeira eleição do Tribunal.

Coragem, responsabilidade e respeito 

"Essa é a 26ª eleição que o TRT da 8ª Região faz. Quero parabenizar os eleitos para que tenham coragem, responsabilidade e muito respeito pela instituição que vão dirigir, pelos seus pares, pela magistratura em geral, pelos advogados, servidores e por todos os jurisdicionados da Justiça do Trabalho do Brasil e da 8ª Região", disse o desembargador José Edílsimo.

O desembargador Marcus Losada ressaltou que tem consciência da responsabilidade que o TRT confere a ele. "Tenho absoluta convicção que contarei com o apoio de todos os colegas não só do segundo como do primeiro grau. Faço uma sinalização sobretudo para os servidores de que as portas do meu gabinete sempre esteve e sempre estará aberta a quem quiser falar comigo".

"Acho que falo em nome da vice-presidente e corregedora eleitas, no sentido de convidar e convocar todos os integrantes do Judiciário para que nós reafirmemos a importância da Justiça do Trabalho. Que esse sentimento seja de dentro para fora e estou absolutamente consciente de que isso será a mola propulsora de todos nós que fazemos a Justiça do Trabalho", seguiu Losada.

A vice-presidente eleita, desembargadora Ida Selene Braga também reiterou o compromisso com a instituição. "Agradeço e tenho certeza que irei me dedicar ao máximo à vice-presidência. Estou disposta a arregaçar as mangas e contando com a equipe que já está lá, e que reforça esse trabalho".

Eleita corregedora regional, a desembargadora Maria Zuíla Dutra, também agradeceu os votos conquistados. "É com muita humildade que agradeço a todos que me confiaram este cargo e conto com o apoio de todos, sobretudo dos que já passaram pela Corregedoria, e tenham certeza de que vou procurá-los. Essa eleição me faz provar uma coisa na vida, que a educação é libertadora. Eu, que fui trabalhadora infantil nas suas piores formas, sei que só através da educação foi possível chegar até aqui", finaliza emocionada.

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA