Polícia Federal investiga suposto ataque hacker após mandado de Moraes pedindo a própria prisão

Documento falso foi acrescentado ao sistema do Conselho Nacional de Justiça (CNJ)

O Liberal

Um pedido do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) foi atendido pela Polícia Federal (PF), que vai investigar um suposto ataque hacker no sistema do conselho. O motivo foi um mandado de prisão falso ser encontrado, em nome do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), sobre si mesmo. As informações são do portal Terra.

A coluna de Bela Megale, do jornal O Globo, diz que o documento foi acrescentado ao sistema do CNJ, que recebe mandados de prisão da Justiça de todo o Brasil, na quarta-feira (4). "Expeça-se o competente mandado de prisão em desfavor de mim mesmo, Alexandre de Moraes", diz o documento, encontrado no Banco Nacional de Mandados de Prisão. Além de solicitar a investigação, o CNJ impôs restrições ao seu sistema.

Política
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA