Lula afirma que anunciará ministros após diplomação: ‘Já tenho 80% do ministério na cabeça’

Em entrevista coletiva, presidente eleito afirmou que está num processo de conversa com as forças políticas do Congresso

O Liberal
fonte

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou, durante entrevista coletiva no início da tarde desta sexta-feira (2), que já tem “80% do ministério na cabeça”, mas que só anunciará os nomes depois que tiver sido diplomado pela Justiça Eleitoral. Nesta semana, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou que a diplomação irá ocorrer no dia 12 de dezembro.

VEJA MAIS

image Saiba quando é a diplomação e posse de Lula, Helder, deputados e senadores eleitos
No caso do Pará, a cerimônia para entrega dos diplomas dos eleitos foi confirmada para o dia 21 de dezembro

image Diplomação de Lula é antecipada pela Justiça Eleitoral; saiba quando será
A entrega do diploma oficializa o resultado das urnas

“Estou num processo de conversa com todas as forças políticas e já conversei com forças políticas que não me acompanharam na campanha, mas são partidos que têm importância no Congresso Nacional. Quando a gente ganha eleição, a gente conversa com quem ganhou. A gente tem que conversar com os deputados e senadores eleitos para que a gente possa construir as mudanças que nós precisamos fazer no nosso pais”, disse o presidente.

Ele informou que, na próxima semana, conversará com alguns partidos menores que também estiveram ao lado do PT durante as eleições. “Temos alguns segmentos da sociedade que queremos conversar. Depois que eu for diplomado, depois que for presidente da república reconhecido e diplomado, vou começar a escolher meu ministério. Não precisa ficar ninguém angustiado, nervoso, criando expectativa”, declarou.

image Salário mínimo pode subir para R$ 1.320 em 2023; entenda
O salário mínimo serve de referência para 56,7 milhões de pessoas no Brasil, das quais 24,2 milhões de beneficiários do INSS

image Lula deve se encontrar com presidente dos EUA Joe Biden antes da posse
O presidente também deve visitar a Argentina. Ele ainda recebeu convite para ir à China, mas acha que não terá tempo para a viagem, informou Fernando Haddad

image Cantora paraense se apresentará na posse de Lula; veja quem é
Confira quem são os primeiros artistas confirmados para o ‘Festival do Futuro’ na posse de Lula

“No fundo, no fundo, já tenho 80% do ministério na cabeça, mas não quero construir um ministério pra mim, mas para as forças políticas que me ajudaram a ganhar as eleições”, completou Lula.

O presidente eleito adiantou, porém, que a deputada Gleisi Hoffmann (PT-PR), presidente nacional do PT, não será ministra do futuro governo. "É muito importante manter o PT se organizando, manter o PT se fortalecendo e tem outras pessoas que podem representá-la dignamente no governo, a começar pelo presidente da República. Então, o fato de eu ter dito para a Gleisi que ela não será ministra é o reconhecimento do papel que a Gleisi tem na organização política do PT no Brasil", declarou.

Lula foi questionado por jornalistas sobre alguns nomes que chegaram a ser levantados, inclusive o de Fernando Haddad, apontado como nome indicado para a Fazenda, mas manteve o mistério. “Não tenho pressa, só vou tomar posse dia 1º de janeiro. Por que vou falar as coisas agora? O que vai valer é quando eu falar”, afirmou o presidente eleito. 

Política
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA