Flávio Dino autoriza uso da Força Nacional pela primeira vez

Os agentes de segurança vão atuar na Operação Arpão, no Amazonas; e na Terra Indígena Guarita, no Rio Grande do Sul

O Liberal
fonte

O novo ministro da Justiça, Flávio Dino, anunciou nesta quinta-feira (5) a liberação da Força Nacional de Segurança Pública para atuar em dois estados brasileiros. Esta é a primeira vez após a posse como titular da pasta que Dino faz essa autorização. As informações são do portal UOL.

VEJA MAIS

image Dino afirma que vai determinar máximo empenho da PF no caso de Dom e Bruno
O jornalista e o indigenista foram assassinados após terem flagrado a prática de atividades ilegais na região do Vale do Javari, no Amazonas

image Ministro da Justiça vai investigar postos que aumentaram preço da gasolina
A justificativa desses postos de combustíveis seria uma suposta retomada da cobrança de tributos federais sobre os combustíveis (PIS/Cofins e Cide), que não aconteceu

image Ministério da Justiça autoriza uso da Força Nacional durante a posse do presidente Lula
Decreto foi publicado no Diário Oficial da União nesta quarta

Os agentes que compõem o programa de cooperação, que reúne policiais civis e militares e também bombeiros, sob coordenação da Secretaria Nacional de Segurança Pública, vão atuar em duas frentes: na Operação Arpão, no Amazonas; e na Terra Indígena Guarita, no Rio Grande do Sul.

A Força Nacional já havia sido autorizada a atuar na Operação Arpão, de combate ao crime organizado, ao narcotráfico e aos crimes ambientais, em junho do ano passado, após o assassinato do indigenista Bruno Pereira e do jornalista inglês Dom Phillips. 

A TI Guarita, por sua vez, foi palco de conflitos políticos no último ano após uma liderança indígena anunciar que não reconheceria o processo eleitoral para a troca de poder local. Somente agora a área receberá as equipes da Força Nacional. Trata-se da maior Terra Indígena do Rio Grande do Sul, onde vivem 7 mil pessoas. 

Política
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA