Ex-ministro do TCU, José Múcio é anunciado por Lula no Ministério da Defesa

Com isso, a pasta volta a ser comandada por um civil. Desde 2018, o titular do Ministério da Defesa é um general do Exército

O Liberal
fonte

O Ministério da Defesa, que exerce a direção superior das Forças Armadas (Marinha Exército e Aeronáutica), voltará a ser comandado por um civil. Na manhã desta sexta-feira (9), durante entrevista coletiva, o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva confirmou o nome de José Múcio Monteiro para comandar o órgão.

VEJA MAIS

image Governador da Bahia Rui Costa (PT) é escolhido ministro-chefe da Casa Civil
Nome foi confirmado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, nesta sexta

image Lula confirma Fernando Haddad no Ministério da Fazenda
Pasta será criada a partir do desmembramento do atual Ministério da Economia

image Flávio Dino é confirmado no Ministério de Justiça e Segurança Pública e anuncia nome pra PF
Andrei Rodrigues será o próximo diretor geral da Polícia Federal

image Veja quem são os futuros ministros do Governo; nomes foram anunciados por Lula nesta sexta
Foram confirmados os nomes de Fernando Haddad, Flávio Dino, Rui Costa, José Múcio e Mauro Vieira

“Quando se monta um governo, você olha o conjunto da sociedade brasileira. Os companheiros que foram anunciados hoje são pessoas que estão aptas para exercer a função. Teremos outros ministérios, com mulheres, negros e negras, indígenas. Teremos um governo com a cara do Brasil”, escreveu Lula em suas redes sociais.

Múcio tem 74 anos, é ex-deputado federal por Pernambuco, foi ministro das Relações Institucionais de 2007 a 2009 e ministro do Tribunal de Contas da União de 2009 a 2021.

Desde 2018, ainda no governo de Michel Temer (MDB), o titular do Ministério da Defesa é um general do Exército.

Política
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA